Bem-vindo, !|Sair

Aeroclube de Maringá, uma escola que está na moda!

Era impossível não notar no stand do Aeroclube de Maringá,  no recinto da 18ª Feira Internacional de Aviação, também conhecida por EAB Air Show, que decorria em Maringá, Estado do Paraná, no Brasil. Alunos, professores e pessoal da escola abrilhantavam o stand, e logo atrás estava um novo e imponente hangar da escola que na feira era a casa da Cirrus.

Trata-se de uma escola que se potencia com toda a infra-estrutura de Maringá e que a coloca em rota de crescimento beneficiando do cluster aeronáutico que cresce em Maringá.

Depois de uma visita pelas excelentes instalações da escola, que inclui sala de aula, simulador, enfim tudo o que uma escola moderna com ensino de qualidade deve ter, falamos com o gerente da escola e instrutor Kléber Silva.

Conte-nos um pouco da história do Aeroclube de Maringá

“O nosso aeroclube está há 16 anos no mercado. Há quatro anos que temos um hangar próprio e lecionamos todos os cursos necessários para uma pessoa se tornar piloto. Desde um curso de piloto hobby até ao de piloto profissional. Temos cursos para pilotos privados, pilotos comerciais, instrutor de voo, todas as habilitações que são necessárias para bimotor, monomotor e simulador de voo”, afirma Kléber Ribeiro da Silva, do Aeroclube Regional de Maringá, no Paraná (Brasil).


Quantos alunos procuram realizar o seu sonho actualmente no aeroclube?

“O aeroclube tem, este ano, cerca de 100 alunos activos, num processo que se renova com a entrada de novos alunos.

A crise económica geral tem afectado o número de interessados?

“Tentamos trabalhar muito dentro do mercado e quem vem para ser piloto é porque gosta de aviação e sempre teve um sonho. Para eles, esse sonho tem um investimento muito pequeno.

Mas o valor de investimento continua alto?

Realmente há valores de investimento mais altos conforme o curso, mas se forem fazer a Faculdade, iriam gastar duas ou três vezes mais. Na minha opinião, é muito mais acessível do que há cinco ou dez anos. A aviação tem crescido bastante, embora o país esteja a passar por uma crise económica, mas aviação tem crescido em toda a região – a feira EAB Airshow 2015 é um exemplo disso – e quem é nosso aluno, tem vestido a camisola da escola e está a trabalhar como voluntários na feira. Vale a pena!”, exclama.

Vamos falar directamente para quem nos lê e procura o sonho de ser piloto em Maringá. Que custos terão de suportar?

O custo de um PPA na escola de aviação civil de Maringá ronda os 12.000 reais (cerca de 3.473 euros), que não são gastos de uma só vez, mas ao longo das etapas (aulas teóricas, aulas práticas), geralmente, ao longo de um ano.
Por isso, trata-se de um custo perfeitamente aceitável. O que dizemos é que não ponha de lado o seu sonho. Venha cá à escola, venha falar connosco.

E quanto às saídas profissionais?

“Nesta fase, houve uma pequena quebra, só que eu acredito que isto é temporário. Na experiência que tenho de sete anos, a aviação só cresceu. O que acontece, às vezes, é que o crescimento oscila, mas a aviação não cai. É um bom mercado para trabalhar”, afirma.

Kleber Silva- Aeroclube de Maringa

Kleber Silva- Aeroclube de Maringá

A escola de aviação civil de Maringá está numa posição privilegiada, inserida num grande pólo de crescimento, como estão actuando?

“Este ano é um exemplo disso. Fizemos um investimento muito grande, porque o pólo aeronáutico está a acontecer no nosso ‘quintal’. É uma coisa que só vai agregar para nós. Estamos contentes e confiantes”.

Simulador Aeroclube de Maringá

Simulador nas instalações do Aeroclube de Maringá

Fotos : André Garcez/NewsAvia

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica