Bem-vindo, !|Sair

Avião da Everjets chegou à Madeira onde ficou baseado


 

O Airbus A320 da companhia aérea portuguesa Everjets pousou no passado sábado, dia 14 de novembro, pela primeira vez, no Aeroporto da Madeira, onde ficará baseado nos próximos tempos.

A companhia iniciou no domingo, dia 15 de novembro, duas rotas regulares para transporte de passageiros e carga.

O avião (matrícula OY-RUP alugado à DAT – Danish Air Transport) chegou ao aeroporto madeirense pelas 17h13, trazendo a bordo um grupo de convidados da companhia, oriundos de Lisboa e do Porto, nomeadamente agentes de viagens e jornalistas relacionados com o ‘trade’ das viagens e turismo.

No Aeroporto Internacional da Madeira, o avião foi recebido com o tradicional arco de água desenhado por duas viaturas pronto-socorro dos bombeiros locais, tendo os passageiros recebido lembranças da ilha entregues por hospedeiras do serviço de Relações Públicas do aeroporto.

Everjets A320 AeroFNC_03 14nov2015 900px

José Pereira, à esquerda, com Francisco Fernandes, assessor da Administração dos Aeroportos da Madeira, durante a conferência de imprensa, após a chegada do primeiro avião da Everjets.

 

No terminal, na sala VIP, teve lugar um beberete de receção aos visitantes, ao mesmo tempo que decorreu uma conferência de imprensa, na qual estiveram presentes o diretor executivo da Everjets, José Pereira, e o assessor da direção dos Aeroportos da Madeira, Francisco Fernandes.

O avião chegou do Porto, onde deveria ter acontecido uma cerimónia de apresentação do novo avião no interior do hangar da Everjets, mas que por terem entrado em vigor medidas de segurança que restringiram o acesso de visitantes à pista (devido aos trágicos atentados da noite anterior na cidade de Paris, em França) não pode ser feita junto do avião, mas sim no interior do edifício.

O A320 da Everjets, com decoração exterior e interior da companhia portuguesa, viajou sob o comando do lituano Eval das Petkus, tendo como co-piloto o italiano Stefano Barzaghi, ambos ao serviço da DAT. A tripulação de cabina era mista, já com algumas assistentes portuguesas. José Pereira esclareceu os jornalistas de que a companhia tinha admitido oito ex-funcionárias da SATA Internacional, sendo cinco naturais e residentes na ilha da Madeira.

Segundo a programação apresentada, a Everjets irá ligar a Madeira a Lisboa 12 vezes por semana (inicialmente serão menos ligações, mas no mês de dezembro estarão de acordo com esse número) e ao Porto duas vezes (às segundas e sextas-feiras).

Everjets A320 AeroFNC_02 14nov2015 900px

O handling da Everjets é feito nos aeroportos portugueses pela Portway, em cujos balcões poderão também ser adquiridos bilhetes para viajar na companhia.

Em todos os voos os passageiros terão direito a transportar uma mala de porão até 24 quilogramas e a uma refeição durante a viagem. Este serão dois fatores que marcarão a diferença com as outras companhias que estão na rota, segundo José Pereira, que disse que a sua empresa escolheu a Região Autónoma para início das suas operações por entender que os madeirenses necessitam de uma companhia com esta qualidade e com preços de acordo com as suas expectativas. Anunciou que ainda no corrente ano será criada uma tarifa única para os residentes na Madeira que não ultrapassará os 280 euros (ida e volta) e que poderá ser adquirida em qualquer dia da reserva. Também os estudantes que necessitam viajar nos percursos que a companhia explorará terão direito a uma tarifa única especial, um pouco mais baixa do que aquela que será decidida para os residentes. Ambas as tarifas serão reembolsáveis de acordo com a legislação em vigor de apoio aos residentes na Madeira (subsídio social de mobilidade).

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica