Bem-vindo, !|Sair

Binter quer transportar este ano 28 mil passageiros entre as Canárias e a Madeira

banner-newsavia-app-android-750x65A Binter começou esta semana a voar regularmente entre as Canárias e a Madeira. Os voos entre os dois arquipélagos atlânticos, como já tínhamos anunciado (LINK notícia relacionada), decorrerão até ao final do mês de junho com duas ligações semanais, aos domingos e quintas-feiras.

Este serviço é, a partir de agora o único direto entre os dois arquipélagos, pois a SATA Air Açores deixou de voar entre a Madeira e Las Palmas de Grã Canária, tendo estabelecido com a Binter um acordo de code-share.

As ligações são asseguradas com aviões ATR72-600 com capacidade para transportar 72 passageiros.

Por ocasião da abertura desta linha a Binter organizou na cidade do Funchal uma reunião aberta ao ‘trade’, com grande participação de agentes de viagens regionais, na qual apresentou o seu produto, bem como a dimensão que hoje tem a empresa aérea, que neste final de mês assinalou 28 anos sobre a sua fundação.

Laura Torres Peñate, responsável pelo Departamento de Desenvolvimento Internacional da Binter, fez uma exposição da empresa e relevou o facto da satisfação dos clientes e a qualidade dos serviços prestados serem dois pilares importantes da atividade da companhia, que está no mercado desde 1989. Ao longo da sua existência já transportou cerca de 40 milhões de passageiros.

No último ano a Binter teve um assinalável crescimento, tendo registado cerca de 2,7 milhões de passageiros que conferiram à empresa um índice de satisfação de 84%, o que significa que mais de oito em cada dez passageiros se manifestaram satisfeitos com o serviço prestado.

O Grupo Binter, que continua a ter sede na ilha de Grã Canária, Na comunidade Autónoma das Canárias (Espanha), é hoje constituído por quatro empresas de transporte aéreo: Binter Airlines, Naysa, Binter CV (Cabo Verde) e Cannair. Tem ainda outras subsidiarias em sehmentos relacionados com o sector, nomeadamente ‘handling’, manutenção, carga aérea, informática, serviços e gestão aeronáuticas.

No total o grupo agrega 1.300 colaboradores e tem uma frota total de 16 aviões turboélices ATR72-600 nas Canárias, outros dois do mesmo tipo na Binter CV e dois jatos Bombardier CRJ900, fretados à Air Nostrum, que neste Verão serão substituídos por dois CRJ1000 novos, a receber diretamente da fábrica canadiana, embora sejam adquiridos igualmente pela Air Nostrum. Contudo chegarão com as cores da Binter.

Primeiro voo regular entre os dois arquipélagos pela Binter foi assinalado no Aeroporto da Madeira pela empresa concessionária com o tradicional bolo comemorativo.

Com o plano de voos programado para este ano para a Madeira, a Binter irá disponibilizar um total de 28.080 lugaress. A voar para a Madeira desde 2005, que foi o seu primeiro destino internacional, em períodos do Verão, a Binter já transportou entre os dois arquipélagos atlânticos um total de 152.129 passageiros (entre 2005 e final de 2016).

Uma das mais-valias dos voos da Binter, referiu Laura Peñate, é que a companhia continua a ter o clássico serviço de refeição ligeira a bordo dos seus aviões, não obstante a pouca duração do voo (cerca de 90 minutos).

Tal como aconteceu no ano passado, na época de Verão, a Binter lançou uma grande e visível campanha de promoção dos voos para a Madeira, com grandes out-doors, em que realça as atividades que se podem desenvolver no arquipélago português, relacionadas com a Natureza.

Na época alta de Verão (entre junho e final de agosto) a Binter terá oito voos semanais de Las Palmas-Madeira-Las Palmas e três ligações também semanais no circuito Tenerife-Madeira-Tenerife.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica