Bem-vindo, !|Sair

TAP retoma voos de Lisboa para Bissau a 1 de dezembro

A TAP Portugal vai retomar no dia 1 de dezembro deste ano os voos regulares de Lisboa para o Aeroporto Internacional Osvaldo Vieira, na capital da Guiné-Bissau, anuncia um comunicado do Conselho de Ministros do Governo da República da antiga colónia portuguesa, distribuído ao fim da tarde desta sexta-feira, dia 5 de agosto.

A retoma dos voos da TAP para Bissau foi comunicada ao coletivo governamental pelo secretário de Estado dos Transportes e Comunicações guineense, Fidélis Forbs, que deu conta de diligências em curso junto da transportadora aérea portuguesa.

A TAP deixou de voar para a Guiné-Bissau desde que no dia 10 de dezembro de 2012 uma tripulação da companhia portuguesa foi obrigada a transportar para Lisboa, a partir do Aeroporto de Bissau, 74 passageiros nacionais da Síria, que viajavam com documentação que se revelou ser falsa.

A tripulação alegou que foi forçada a transportar aqueles passageiros que acabariam por pedir asilo em Portugal. O Governo Português classificou como “ato semelhante a terrorismo” o embarque forçado dos passageiros e exigiu explicações detalhadas às autoridades de então em Bissau.

A Guiné-Bissau era dirigida na altura daqueles acontecimentos por um governo de transição saído de um golpe militar. Foi realizado um inquérito cujas conclusões não foram tornadas públicas, mas do processo não houve nenhuma diligência judicial na Guiné-Bissau.

Sem ter as devidas explicações e considerando que não existiam as condições de segurança, a TAP decidiu pura e simplesmente, a 11 de dezembro de 2013, pela suspensão das suas operações para a Guiné-Bissau evocando “grave quebra de segurança” no Aeroporto Internacional Osvaldo Vieira.

Em novembro de 2014, a companhia privada portuguesa Euro Atlantic Airways iniciou as suas operações regulares, ligando, com voos diretos, Lisboa e Bissau, inicialmente com uma ligação semanal e mais tarde com duas.

A Royal Air Maroc (RAM), companhia nacional do Reino de Marrocos, realiza voos entre Casablanca e Bissau, quatro vezes por semana, o que possibilita a conexão dos seus passageiros com uma vasta rede de destinos em África, Europa e América do Norte e do Sul.

Outras companhias regionais africanas, nomeadamente do Senegal e de Cabo Verde, também voam regularmente para Bissau.

Após a revelação da notícia em Bissau, a companhia portuguesa confirmou a notícia e revelou que haverá dois voos semanais, com partidas de Lisboa pelas 20h00 e saídas de Bissau (regresso à capital portuguesa) às 01h00 do dia seguinte.

 

  • Na imagem vê-se um Airbus A310 da TAP estacionado no Aeroporto Osvaldo Vieira, na capital da Guiné-Bissau, em 2009.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica