A321 da Air France/Joon retorna ao Porto uma hora depois de descolar para Paris

Um avião Airbus A321 da Air France/Joon, matrícula F-GTAK, que fazia na tarde desta terça-feira, dia 4 de junho, o voo AF1529/AFR46TR, entre o Aeroporto Francisco Sá Carneiro, na cidade do Porto, no norte de Portugal, e o Aeroporto de Paris/Charles de Gaulle, retornou ao aeroporto português, devido a uma avaria técnica, cerca de uma hora depois.

A aeronave tinha hora de partida para as 15h50, tendo descolado somente pelas 16h48. Deveria aterrar na capital francesa pelas 20h24 locais desta terça-feira.

O A321 de bandeira francesa aterrou no Porto pelas 17h42 locais, cerca de uma hora depois de ter levantado voo, em total segurança.

 

Ao princípio da noite desta terça-feira, a Air France esclareceu que o retorno à cidade do Porto se deveu a uma falha “num ventilador” e que decisão foi “uma medida de precaução”. Segundo uma fonte da Air France, citada pela agência de notícias ‘Lusa’, a tripulação do voo AF1529 da companhia Joon, criada em 2017 pelo Grupo Air France~KLM para o segmento dos denominados millennials (indivíduos com idades entre os 18 e os 35 anos de idade), decidiu “retornar” ao Porto como “medida de precaução” devido à “libertação de fumo” provocada por uma “falha num ventilador” no avião.

Durante a tarde, uma fonte da ANA – Aeroportos de Portugal garantiu à ‘Lusa’ que o avião tinha aterrado “em segurança” no Aeroporto Francisco Sá Carneiro. A companhia aérea adiantou que os passageiros que seguiam no avião já foram “atendidos” pelas equipas da Air France no Porto e que uma aeronave da companhia vai garantir o “retorno dos passageiros a partir desta noite”.

“A Air France lembra que as suas equipas são treinadas regularmente para lidar com este tipo de situações e que a segurança dos seus clientes e das suas equipas é um imperativo absoluto”, garante a transportadora.

 

  • Notícia atualizada às 22h20 UTC

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica