A330-900neo da Air Senegal retido em Charles de Gaulle/Paris

O avião Airbus A330-900neo, matrícula 6V-ANB da Air Sénégal, sofreu um incidente neste domingo, dia 27 de dezembro, no Aeroporto de Charles de Gaulle/Paris, em França, quando estava a ser preparado para o voo de regresso a Dacar, tendo sido substituído por outro aparelho do mesmo modelo (matrícula 9H-SZN), alugado desde o ano passado em regime de wet-lease ao grupo português Hi Fly e operado pela Hi Fly Malta, que estava estacionado no Aeroporto de Beja, em Portugal, de onde descolou durante a tarde.

Segundo informou a companhia aérea senegalesa, um contentor de bagagem embateu de forma violenta na fuselagem do avião, pelo que ficou retido no aeroporto da capital francesa para ser sujeito a uma inspeção mais circunstanciada nesta segunda-feira, dia 28. Os passageiros foram encaminhados para um hotel onde aguardaram a nova hora de embarque, acrescentou um porta-voz da companhia africana.

O voo HC404 deveria ter saído de Charles de Gaulle/Paris pelas 10h40 da manhã, mas acabou por partir apenas às 22h13 devido à mudança do avião. A aterragem na capital senegalesa verificou-se pelas 02h46 locais desta segunda-feira, dia 28 de dezembro, segundo o registo da plataforma de localização e rastreamento de aeronaves ‘FlightRadar24’.

 

  • Notícia atualizada às 12h00 UTC de segunda-feira, dia 28 de dezembro de 2020.
  • Foto de abertura ©Maximilian_Hartl

 

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica