Bem-vindo, !|Sair

A350-900 da TAM retorna ao Aeroporto de Manaus devido a um ‘bird strike’

O Airbus A350-900, registo PR-XTA, da companhia brasileira TAM Linhas Aéreas sofreu um incidente na segunda-feira, dia 7 de março, que levou a aeronave para os cuidados dos serviços de Manutenção e Engenharia da empresa.

O incidente foi provocado pelo embate de uma ave de grande porte (‘bird strike’) na asa esquerda do avião no momento em que levantava voo (JJ 3409) no Aeroporto Internacional de Manaus, no Estado do Amazonas, pelas 16h25 locais, com destino ao Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo.

Segundo o site ‘Aeroinside.com’ (LINK notícia em inglês), que regista incidentes e acidentes na aviação comercial, só quando os pilotos estavam a voar a FL350 é que resolveram retornar ao aeroporto de partida, tendo pousado cerca de 80 minutos depois da descolagem, sem quaisquer outros danos materiais ou pessoais.

O voo foi cancelado e a aeronave ficou entregue aos engenheiros e mecânicos da TAM, onde foi reparado. Não há comunicação oficial sobre o que terá acontecido, em pormenor, ao avião, que é o primeiro Airbus A350-900 ao serviço da TAM. As notícias avançadas pelas redes sociais indicam que se terá verificado a sucção de um pássaro pelo motor esquerdo do aparelho. Uma comunicação breve da companhia refere que o avião foi atingido por um ‘bird strike’ que provocou alguns danos, e, por isso, regressou ao aeroporto, onde fez um pouso seguro. Os passageiros receberam a assistência necessária e foram reacomodados em outros voos em direção ao Aeroporto de Guarulhos, disse a companhia, que reiterou que “a segurança é um valor imprescindível, e que todas as suas decisões visam garantir uma operação segura”.

Cerca de 23 horas depois do incidente o PR-XTA voltou a voar fazendo em absoluta segurança o percurso entre Manaus e São Paulo.

Recorde-se que esta é a segunda vez, em cerca de três meses, que o A350-900 da TAM, registo PR-XTA, que foi o primeiro a ser entregue a uma companhia do continente americano, sofre um ‘bird strike’. No passado mês de dezembro, e como o ‘Newsavia’ então noticiou (LINK nossa notícia anterior), a aeronave sofrera um atraso de 24 horas na entrega, só tendo chegado ao Brasil no dia 18 de dezembro, quando a sua chegada estava marcada para o dia anterior. Foi durante um dos voos de verificação, incluídos no processo de aceitação da aeronave por parte da companhia aérea, que um dos motores sugou um pássaro, num voo com descolagem e pouso no Aeroporto de Toulouse-Blagnac, em França, onde está sedeada a fábrica da Airbus.

1 Comments

  1. Parabéns a todos os funcionários repensáveis pela aeronave !

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica