A380 da Hi Fly regressou e já fez um voo da Norwegian para Nova Iorque

O Airbus A380 da Hi Fly, registo 9H-MIP, já regressou à companhia, após cerca de dois meses em manutenção técnica em Toulouse, nas instalações da Airbus Industrie.

O avião esteve parado, mas mal regressou ao Aeroporto de Beja, no sul de Portugal, na manhã da passada sexta-feira, dia 21 de dezembro, recebeu ordem para descolar para Londres/Gatwick, onde embarcou neste sábado cerca de 470 passageiros da Norwegian, que viajaram para o Aeroporto de Seattle, no noroeste dos Estados Unidos da América. Um voo direto de quase 10h00 de duração.

Embora com registo da República de Malta, o avião está a ser operado pela empresa portuguesa  Hi Fly que se dedica ao aluguer em regime ACMI de aeronaves de longo curso para companhias aéreas e organismos internacionais.

A Hi Fly foi também solicitada pela companhia britânica Virgin Atlantic para realizar neste sábado um voo de Londres/Heathrow para Nova Iorque/JFK (Airbus 330-300, matrícula 9H-AGU), que tal como a Norwegian recorre ao fretamento de aeronaves para poder embarcar os passageiros que ficaram retidos em Londres/Gatwick, nos últimos dois dias, devido ao que se supõe tratar-se de um ataque de drones, segundo a Polícia de Londres. Um outro avião da Hi Fly (9H-FOX) encontra-se no Aeroporto de Londres/Heathrow, a aguardar serviço. Saiu de Beja na sexta-feira, dia 21 de dezembro, com um número de voo de posição da Virgin, pelo que se admite que também esteja alugado à companhia britânica.

As recentes alterações nos movimentos de aterragens e descolagens no Aeroporto de Londres/Gatwick, ocasionadas pelos drones que foram avistados por pilotos que desciam na capital britânica, deixaram milhares de pessoas em terra, pelo que as companhias aéreas, e nomeadamente a Hi Fly, irão ser bem úteis neste momento, já que podem desbloquear a situação dessas pessoas, que chegaram a Londres para as compras de Natal, mas que se depararam no regresso com uma situação caótica em Gatwick. Por outro lado há famílias com pacotes de férias comprados para praias do sul da Europa, que pretendem seguir o mais rápido possível para os seus locais de férias, mas que foram afetados pelos atrasos de quarta e quinta-feiras passadas.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica