Aeroporto de Alicante-Elche reabre após incêndio no terminal

Os movimentos de aviões no Aeroporto de Alicante-Elche, no sudeste de Espanha foram suspensos nesta quarta-feira, dia 15 de janeiro, devido a um incêndio que deflagrou ao princípio da tarde na cobertura do edifício das Chegadas. Passageiros e outros funcionários que se encontravam no terminal aeroportuário foram obrigados a abandonar as instalações. Os bombeiros conseguiram localizar o foco de incêndio e dominá-lo ainda durante a tarde.

Um comunicado da AENA, empresa concessionário dos aeroportos espanhóis, confirmou que o alerta para o incêndio ocorreu pelas 15h00 locais (14h00 UTC). Depois de controlado o fogo, foi necessário verificar as condições de  segurança do terminal, tendo todo o movimento aérea sido desviado para os aeroportos vizinhos de Valência e de Múrcia que, por tal  motivo, tiveram de estar abertos até cerca da meia-noite. Para esta quarta-feira estavam programados 125 movimentos comerciais no Aeroporto de Alicante-Elche. Até à hora do incêndio tinham sido realizados 63 aterragens e descolagens.

Depois de várias avaliações reuniu-se na manhã desta quinta-feira, dia 16 de janeiro, o grupo de crise que seguiu o trabalho de rescaldo do incêndio e avaliou as condições de segurança e de circulação de pessoas no interior do terminal, tendo decidido reabrir as operações aeroportuárias pelas 14 horas locais (13h00 UTC).

A AENA, num comunicado distribuído ao fim da manhã desta quinta-feira, solicitou aos passageiros que contactem as suas companhias, a fim de certificarem-se dos horários dos voos que foram reprogramados, evitando assim a desnecessária aglomeração de pessoas nas instalações aeroportuárias.

 

O Aeroporto de Alicante-Elche é muito utilizado por voos que transportam turistas para passar férias no sul de Espanha, nomeadamente alemães e britânicos.

 

  • Notícia atualizada às 12h30 UTC

 

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica