Aeroporto de Macau regista movimento recorde de 9,6 milhões de passageiros em 2019

O Aeroporto Internacional de Macau, território chinês no sul da China, registou um número recorde de 9,6 milhões de passageiros em 2019, um aumento de 16 por cento em relação ao ano anterior, anunciou nesta quinta-feira, dia 2 de janeiro, a CAM – Sociedade do Aeroporto Internacional de Macau, empresa gestora da infraestrutura.

Este “é o tráfego de passageiros mais alto” de sempre no aeroporto internacional do território, sublinhou a empresa, em comunicado.

No ano passado registou-se em Macau 77.580 movimentos de aviões comerciais, mais 18 por cento do que em 2018. No final do ano havia o registo de 34 companhias aéreas a operar no aeroporto da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM), com ligações para 59 aeroportos na China continental e Taiwan/Formosa, e para diversos países do Sudeste e Nordeste asiáticos.

As rotas da China continental, do Sudeste e do Nordeste Asiático foram responsáveis por 40% do volume total de passageiros, refere a nota da CAM.

Também no ano passado, o aeroporto de Macau adicionou 13 novas rotas internacionais, incluindo Wenzhou, Shenyang, Changsha, Jieyang Chaoshan, Jinan, Yangzhou, Nantong e Nanchang (China), Jeju (Coreia do Sul), Pyongyang (Coreia do Norte), Lal-lo (Filipinas), Cam Ranh (Vietname) e Mandalay (Myanmar).

Em 2018, o aeroporto de Macau tinha registado um recorde de 8,26 milhões de passageiros, um aumento de 15% em relação a 2017.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica