Bem-vindo, !|Sair

Air India foi anfitriã dos presidentes das companhias que integram a Star Alliance

A Air India foi a companhia anfitriã da reunião do Conselho Executivo da Star Alliance realizado na Índia pela primeira vez, na sequência da adesão, em Julho passado, da companhia aérea nacional indiana à maior aliança de companhias aéreas do mundo em operação há mais tempo.

Falando à imprensa local e estrangeira presente hoje, dia 17 de Dezembro, em Nova Deli, Rohit Nandan, Presidente e Director Geral da Air India, agradeceu a todos os CEO das companhias da aliança por terem viajado até à Índia, e pela proveitosa reunião de trabalho aí realizada durante dois dias, enfatizando que a integração da Air India na Star Alliance é um pilar-chave na estratégia de reestruturação da companhia, a par da renovação da frota e da otimização da Rede e também uma oportunidade para melhorar a qualidade de serviço.

Quase meio ano após a sua entrada na aliança, já é possível à Air India ver os efeitos positivos da sua adesão. A companhia registou um aumento de 33 por cento no total de passageiros que viajaram em transferência entre a Air India e outras companhias da Star Alliance, sobretudo via Deli ou Mumbai, mas também via outros aeroportos, como sejam Londres ou Newark. De igual modo, os Passageiros Frequentes usufruem agora dos benefícios da aliança, com mais de 80 mil a converterem as suas milhas em voos da Air India desde Julho e mais de 20 mil membros do Programa de Passageiro Frequente Air India Flying Returns a receberem créditos de milhas pelos voos efetuados com outras companhias da Star Alliance.

A Air India vê abrirem-se agora mais oportunidades para aumentar o tráfego em transferência nas cidades de Deli e Mumbai e está a trabalhar com a Star Alliance, com as companhias membro e com os aeroportos, com vista a oferecer mais voos de ligação e a facilitar o processo de transferência nos principais hubs do Subcontinente Indiano. Rohit Nandan afirmou também estar otimista quanto à possibilidade de o Aeroporto de Heathrow analisar favoravelmente o pedido da Air India de passar a operar, juntamente com as 23 companhias da aliança, a partir do novo Terminal 2, o Queen’s Terminal. “Londres é o nosso principal destino na Europa e tudo o que pudermos fazer para oferecer as melhores condições para os voos de transferência constituirá um verdadeiro ganho, tanto para nós como para a Star Alliance”, disse.

Por seu turno, Mark Schwab, CEO da Star Alliance, agradeceu a Nandan o acolhimento proporcionado à reunião do Conselho Executivo, garantindo-lhe o apoio da aliança nessa iniciativa. Schwab reiterou a importância de ter a Air India no seio da aliança, afirmando, “a Índia é o 5º maior mercado doméstico da aviação no mundo e continuará a crescer, tanto internamente como internacionalmente. Por isso, é essencial para a Star Alliance ter uma presença forte neste mercado.”

Através da Air India, os clientes da Star Alliance têm acesso a mais 40 aeroportos na Índia e também a um maior número de voos na região e, com os seus hubs em Deli e Mumbai, a Air India acrescenta também mais opções de voo nas linhas para a América do Norte, Europa e Ásia / Pacífico.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica