Airbus A380 da Hi Fly descola de Beja com destino à China

O Airbus A380 do grupo português Hi Fly partiu ao fim da tarde desta quinta-feira, dia 14 de maio, do Aeroporto de Beja/Alentejo, no sul de Portugal, com destino à cidade de Tianjin, na República Popular da China, onde deverá carregar equipamentos hospitalares e produtos farmacêuticos para combate à pandemia de covid-19.

O Super-Jumbo, matrícula 9H-MIP, está registado na Hi Fly Malta, uma das duas companhias aéreas do grupo. Foi um dos primeiros aviões de registo ocidental a deslocar-se a Wuhan, logo no início da pandemia, para repatriar cidadãos de países europeus, que abandonaram a China poucos dias depois da eclosão do contágio do novo coronavírus, quando ainda pouco se sabia sobre a dimensão que esta doença poderia atingir no mundo.

Esta é também a primeira viagem comercial do A380 da Hi Fly, depois da revisão técnica programada a que foi submetido em França (LINK notícia relacionada).

 

O A380 da Hi Fly no início da sua viagem para a China. Percorrerá cerca de 9.800 quilómetros, em voo direto, que deverá demorar cerca de 11h30. Imagem © FlightRadar24.

No momento em que a aviação comercial em todo o mundo está praticamente parada e em que as principais companhias internacionais estacionaram as suas frotas de Airbus A380, o avião que enverga a sugestiva decoração ‘Save the Coral Reefs’, promovida pela Fundação Mirpuri, é dos poucos aparelhos deste modelo que está em atividade, durante esta semana.

Vamos estar atentos a esta viagem. No voo de posição (HFM801P) o avião aterrou em Tianjin às 13h57 locais desta sexta-feira, dia 15 de maio (05h57 UTC/06h57 em Lisboa), segundo relatório do ‘FlightRadar24’.

 

  • Notícia atualizada às 11h00 UTC de sexta-feira, dia 15 de maio. Para acompanhar a viagem do A380 da Hi Fly leia a notícia seguinte (LINK).

1 Comments

  1. Avatar

    O vôo de um gigante, para uma causa maior ainda

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica