Airbus prepara três aviões de teste para o A350-1000

banner_ noticias


 

A Airbus já começou os trabalhos preparatórios dos três aviões de desenvolvimento para a campanha de testes do A350-1000, cuja montagem final se estima para o primeiro trimestre do próximo ano. O responsável pelo programa do A350, Bruno Hernandez afirma que o “1000” está em linha com o planeamento, mas admite que reunir todos os componentes para a montagem final de acordo com o calendário é um “grande desafio”. O trabalho desenrola-se, presentemente, na caixa central das asas, não somente para o primeiro avião, mas também para o segundo e o terceiro. A cauda, fornecida pela GKN Aerospace, entrou na montagem no dia 12 de Maio, enquanto a empresa norte-americana Spirit AeroSystems começou a fabricar os painéis para a secção central 15. A montagem das secções dianteiras 13-14 com as ombreiras das portas em compósito (em vez de metálicas, como no A350-900) está igualmente em andamento “Este conceito está totalmente amadurecido”, frisou Bruno Hernandez.

Com a maturidade do desenho estrutural completa, assim como a arquitectura de instalação dos sistemas, a produção dos componentes para o A350-1000 já começou “em todas as fábricas”, acrescentou. A montagem dos pylons (suportes de fixação dos motores) está em curso e a campanha de 120 horas de testes dos motores Rolls-Royce Trent XWB-97 começará num A380, em Outubro. O novo avião – no essencial, um alongamento do A350-900 – vai incorporar uma série de diferenças estruturais e aerodinâmicas, incluindo um trem de aterragem principal de seis rodas e bordos de fuga das asas mais largos. Terá um maior uso de materiais compósitos na fuselagem, quadros e pylons, tal como portas do trem de aterragem eléctricas. De acordo com as últimas especificações do A350-1000, o avião terá capacidade para transportar 366 pessoas com um raio de alcance de 7950 milhas náuticas (14.723 km).

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica