Alitalia suspende voos internacionais nos aeroportos do norte de Itália

A Alitalia anunciou a suspensão de todos os voos internacionais de e para os aeroportos de Milão/Malpensa a partir desta segunda-feira, dia 9 de março, e restrições nos voos nacionais que se dirigem para o segundo aeroporto da cidade (Milão/Linate), devido ao surto do novo coronavírus, conhecido por ‘Covid-19’.

A decisão da companhia aérea de bandeira italiana foi provocada pelo decreto aprovado neste domingo, dia 8 de março, pelo Governo italiano para lutar contra a expansão do novo coronavírus e que inclui a capital da Lombardia, Milão, em toda a “zona vermelha” de isolamento que abarca toda a região e 14 províncias do norte do País.

Assim, o último serviço internacional em Milão será “o voo AZ 605 procedente de Nova Iorque, que aterrará em Malpensa às 10h40 locais da manhã” de segunda-feira.

Para além das limitações no aeroporto de Malpensa, durante o período indicado pelo decreto governamental (até 3 de abril), a Alitalia “só operará ligações nacionais desde [o aeroporto] Milão/Linate, com uma redução das frequências na rotas servidas, ao passo que os destinos internacionais serão acessíveis com voos através de Roma”.

A Alitalia continuará, no entanto, a operar voos entre Veneza e Roma em ambas as direções, ainda que com menos frequências, e oferece aos seus clientes a possibilidade de alterar os seus bilhetes sem custos.

O primeiro-ministro italiano anunciou hoje a proibição de entradas e saídas da Lombardia e de outras 14 províncias para limitar a propagação do Covid-19.

A Itália registou até ao final deste domingo, dia 8 de março, 366 mortos em quase seis mil pessoas detetadas com o novo coronavírus, que pode causar infeções respiratórias como a pneumonia. Só neste domingo o número de vítimas mortais devido ao surto epidémico atingiu o número de 133.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica