ANAC/Brasil encontra 33 aviões em oficinas de manutenção clandestinas no País

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) do Brasil, a Receita Federal do Brasil (RFB), o Serviço Aéreo do Estado de Goiás e o Grupo de Rádiopatrulha Aérea da Polícia Militar do Estado de Goiás desencadearam recentemente uma operação de fiscalização a supostas oficinas de manutenção aérea clandestinas, na sequência de denúncias recebidas naquelas entidades.

Ao longo de dois dias de operação foram apreendidas 33 aeronaves, 82 caixas com peças, 17 pessoas por manutenção clandestina e uma arma de fogo. Também foram interditados seis estabelecimentos clandestinos em Goiânia.

A operação teve início depois de terem sido recebidas denúncias sobre irregularidades envolvendo a manutenção de aeronaves e o contrabando de peças aeronáuticas no Estado de Goiás. Os alvos suspeitos foram identificados e houve a coordenação com os órgãos necessários para a efetividade da operação.

A equipa de fiscalização da ANAC participou da operação no terreno com inspetores da Aviação Civil, atuando administrativamente nas apreensões de aeronaves, interdições de estabelecimentos, identificação de ilícitos aeronáuticos e ainda como suporte técnico para os órgãos envolvidos.

Um comunicado distribuído pela ANAC indica que “é essencial ressaltar a importância do trabalho conjunto dos órgãos de estado na defesa e proteção da sociedade e da aviação civil”. “Nesta ação, foram combatidos ilícitos que colocavam em risco a segurança da aviação civil, bem como a concorrência desleal através dos crimes de contrabando e descaminho de mercadorias e bens estrangeiros”, acrescenta a nota informativa.

 

  • Foto © ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil do Brasil

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica