Bem-vindo, !|Sair

APAVT alerta governo para os perigos de uma privatização apressada da TAP

Pedro Costa Ferreira, presidente da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT) apelou na sexta-feira, dia 05 de Dezembro, ao Governo Português para que evite uma privatização apressada da TAP, já que este é “um ativo demasiado importante” para o país.

“Não vamos discutir hoje e aqui, se a TAP fica melhor privatizada ou se fica pior. É admissível pensar-se que fica melhor se for bem privatizada, mas todos sabemos que certamente ficará definitivamente pior se for mal privatizada”, começou por dizer Pedro Costa Ferreira.

Para o responsável da APAVT, cabe ao Governo “evitar a realização de uma privatização apressada”.

“A verdade é que a TAP é um ativo demasiado importante, para nos podermos dar ao luxo de falhar um movimento tão crucial”, vincou Pedro Costa Ferreira no discurso de abertura do 40.º Congresso da APAVT, que neste fim-de-semana decorre na cidade de Évora, no Alentejo.

A sessão de abertura do congresso contou com a presença do vice-primeiro-ministro, Paulo Portas, e do secretário de Estado do Turismo, Adolfo Mesquita Nunes.

O ministro da Economia, António Pires de Lima, disse há poucos dias na Assembleia da República, que o Governo pretende aprovar o caderno de encargos da privatização TAP SGPS no final de Dezembro ou no início de Janeiro.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica