Avião An-124-100 Ruslan aterra em Nova Iorque com ajuda da Rússia para os EUA

Um avião cargueiro militar Antonov An-124-100 Ruslan, matrícula RA-82038, aterrou nesta quarta-feira, dia 1 de abril, no Aeroporto de Nova Iorque/JFK, com ajuda humanitária da Rússia para ajudar os Estados Unidos da América (EUA) a fazer face à pandemia de covid-19, provocada pelo alastramento do novo coronavírus.

O Ministério da Defesa da Rússia tinha anunciado, durante a manhã, que um avião pesado das Forças Aeroespaciais da Rússia tinha descolado da Base Aérea de Chkalovsky, na região de Moscovo, com máscaras e equipamentos médicos.

Segundo o porta-voz do Kremlin Dmitri Peskov esta ajuda foi abordada durante a conversa telefónica desta segunda-feira, dia 30 de março, entre o presidente russo, Vladimir Putin, e o homólogo dos EUA, Donald Trump.

“Hoje, com uma situação que assume proporções globais, não existe limitação nas ações, dentro do espírito de parceria e assistência mútua”, declarou Peskov.

Na semana passada, a Rússia tinha enviado vários aviões com virologistas, equipamentos médicos, laboratórios e sistemas de desinfeção móvel para Itália, onde o novo coronavírus já matou mais de 13 mil pessoas.

Os Estados Unidos ultrapassaram nesta quarta-feira a barreira dos 203 mil infetados, com 4.476 mortes, de acordo com o mapa ao vivo da Universidade Johns Hopkins.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 905 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram quase 46 mil. Dos casos de infeção, pelo menos 176.500 são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro de 2019, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

 

  • Mais notícias sobre a pandemia do Novo Coronavírus/Covid-19 – LINK

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica