Avião executivo explode em Minas Gerais – Quatro mortos

Um avião executivo Cessna 525 CitationJet M2, matrícula PP-OEG, despenhou-se na manhã desta segunda-feira, dia 26 de novembro, perto de Jequitaí, no norte do Estado de Minas Gerais, no Brasil, provocando a morte dos quatro ocupantes, dois passageiros e dois tripulantes.

Segundo a imprensa mineira os mortos são o empresário Adolfo Géo e sua esposa Margarida Giannetti Geo e os dois pilotos da aeronave, que tinha descolado do Aeroporto de Pampulha, na cidade de Belo Horizonte, logo pela manhã.

O avião acidentado tinha capacidade para transportar até oito passageiros e tinha saído novo de fábrica em 2014. Segundo algumas testemunhas o aparelho terá falhado o pouso, depois de passar totalmente e extensão da pista, tendo ido parar descontrolado num terreno fora da cabeceira da pista onde explodiu e se incendiou.

A aeronave estava registada em nome da empresa de construção ARG, Ltda., da qual Adolfo Geo era um dos proprietários. Ainda segundo a imprensa brasileira, o acidente verificou-se, entre as sete e as oito horas da manhã, num aeródromo privado dentro da Fazenda ‘Fortaleza de Santa Terezinha’, também propriedade do empresário falecido, que ali tinha uma grande exploração agro-pecuária, com milhares de cabeças de gado, que visitava regularmente.

 

  • Foto © SAMU Minas Gerais

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica