Avião sai de pista no Congo – Não há feridos entre os 29 ocupantes do ERJ-145

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

Um avião Embraer ERJ-145 da companhia congolesa Mwant Jet sofreu ao princípio da tarde desta quarta-feira, dia 6 de abril, uma saída de pista após a aterragem no aeroporto de Kolwezi, na República Democrática do Congo. A bordo seguiam 24 passageiros e cinco tripulantes que saíram ilesos do incidente, segundo informação de jornais nacionais e de acordo com o registo do site ‘The Aviation Herald’.

A aeronave, matrícula 9S-AMG, era procedente do Aeroporto de Lubumbashi, também na R. D. do Congo, tendo os pilotos na chegada a Kolwezi sido surpreendidos por chuva torrencial e ventos fortes, que devem ter contribuído para a saída de pista, que se verificou no final da cabeceira, depois do avião ter passado os 2.410 metros de extensão do pavimento, e se imobilizado numa zona de vegetação de arbustos, atolado na lama.

 

Quarto incidente em que está envolvido este avião

A revista brasileira ‘Aeromagazine’, no seu portal de notícias na Internet, refere, a propósito, que este é já o quarto incidente em que está envolvido o Embraer ERJ-145, avião fabricado no Brasil, agora ao serviço da companhia congolesa.

Ao longo de 20 anos de operação, dois deles a aeronave estava integrada na frota da Swiss International Air Lines (matrícula HB-JAU). Em novembro de 2003, após decolar de Zurique, na Suíça, a cabina foi invadida por fumo, fazendo com que o voo para Hannover, na Alemanha, tivesse que regressar em emergência ao aeroporto de procedência.

Em julho de 2005, a mesma aeronave aterrou em alta velocidade em Nuremberga, na Alemanha, após passar por uma área de turbulência e de granizo em voo procedente também de Zurique. A tripulação tentou entrar num caminho de circulação (taxiway), mas a aeronave rodou e saiu parcialmente da pista.

Em janeiro de 2018, o Embraer, já com o registo C-CISK da Eastern Airways, foi danificado por um Boeing 737 privado (9H-BBJ), enquanto estava estacionado no aeroporto de Bristol, no Reino Unido.

Em todos os casos, não houve feridos, acrescenta o portal de notícias brasileiro.

  • Fotos © Ramès Nkulu Mwenze/Twitter

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Governo assegura que “não vai haver aporte do Estado” para o novo aeroporto de Lisboa

O ministro português das Infraestruturas, Miguel Pinto Luz (na...

Lisboa volta a ter voo direto para o Cairo – Egyptair retomou a rota com dois voos semanais

A Egyptair está de regresso a Portugal, tendo retomado...

CRJ-200ER despenhou-se no Nepal – Morreram 18 dos 19 ocupantes da aeronave que fazia um voo de teste

Um avião a jato bimotor CRJ-200ER da companhia nepalesa...

Ativistas climáticos interromperam tráfego aéreo em Colónia/Bona – Movimento já foi retomado

O Aeroporto de Colónia/Bona, na Alemanha, já reabriu ao...