Azul – Linhas Aéreas Brasileiras já colocou à venda primeiro lote de 342 voos adicionais para a Copa do Mundo

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

A Azul – Linhas Aéreas Brasileiras disponibiliza desde anteontem, em seu sistema de vendas, 342 voos adicionais para suprir a demanda na primeira fase do Campeonato Mundial de Futebol, que acontecerá entre 12 de Junho e 13 de Julho, em vários estados brasileiros. Os novos trechos irão atender as seguintes cidades: Campinas, Confins, Cuiabá, Salvador, São Paulo (Guarulhos e Congonhas), Porto Alegre, Rio de Janeiro (Santos Dumont e Galeão), Manaus, Brasília, Fortaleza, Natal e Goiânia.

Este é o primeiro lote de voos adicionais, esclarece a companhia numa comunicação oficial. Ainda há aproximadamente mais 300 trechos, que serão disponibilizados para venda de forma progressiva, conforme a demanda do mercado. “Para melhor atender aos nossos clientes, o processo de adequação da nossa malha para o período do mundial é constantemente analisado. Desta forma, outros voos devem ser disponibilizados e, se necessário, solicitaremos à Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) novas operações”, diz Marcelo Bento, diretor de Planeamento e Alianças da Azul.

Recentemente, a Azul anunciou uma medida inédita no mercado que beneficiará a todos que viajarão com a empresa durante o período do campeonato de futebol no Brasil. A companhia garantirá tarifas com valores máximos de até 999,00 reais para viagens realizadas no mesmo período. A regra é válida para todos os voos da empresa considerando origem e destino, independentemente do número de trechos. As passagens para o período já estão disponíveis em todos os canais de venda da Azul.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

KC-390 da FAP ganha prémio mais importante em festival internacional no Reino Unido

Um avião KC-390 Força Aérea Portuguesa (FAP) foi distinguido...

Governo reuniu-se com a ANA para preparar o projeto do Novo Aeroporto de Lisboa/Luís de Camões

O ministro das Infraestruturas e Habitação e o secretário...