Bem-vindo, !|Sair

B777-200 da United perde a carenagem de motor em pleno voo – com vídeo

Faz parte da maior comunidade de aviação em português


 

 Um Boeing 777-200 da companhia norte-americana United Airlines, que fazia uma viagem de San Francisco, na costa oeste dos Estados Unidos da América, e o Aeroporto de Honolulu, nas ilhas do Hawai, no Pacífico, teve de aterrar de emergência, nesta terça-feira, dia 13 de fevereiro, devido a uma avaria no motor do lado da asa direita.

Segundo testemunhos de alguns passageiros que seguiam a bordo foi ouvido um ruído semelhante a uma explosão, que resultou na queda da carenagem do motor. Felizmente que a destruição ficou por aí e o motor, aparentemente, continuou a funcionar. O que terá acontecido, apenas se saberá depois do relatório do incidente que já está a ser elaborado por uma comissão constituída por técnicos da companhia, da empresa fabricante do motor (Pratt & Whitney PW400) e autoridade nacional de segurança aérea dos EUA.

Erik Haddad, um engenheiro que trabalha para a Google, que viajava no aparelho junto de uma janela com vista privilegiada para o motor danificado, obteve diversas imagens do motor, “que são espetaculares, mas ao mesmo tempo aterradoras”, como classifica a imprensa norte-americana nesta quarta-feira.

A viagem ainda durou cerca de 35 minutos até que o avião da United chegasse a Honolulu, tempo no qual a tripulação da aeronave preparou os passageiros para o cumprimento dos procedimentos previstos para as aterragens de emergência.

Eril Haddad, com uma boa disposição pouco comum num caso destes, ainda enviou pelo Twitter uma mensagem em que se viam o painel com as informações de segurança de bordo da aeronave, tendo o motor avariado a fundo, ainda em pleno voo, e brincou dizendo que nada estava escrito no ‘manual’ sobre um incidente deste tipo… Embora um pouco aterrorizados com o inusitado incidente os passageiros manifestaram à imprensa norte-americana o seu apreço pelo trabalho da tripulação que manteve uma atitude de grande frieza e profissionalismo perante o incidente. Tudo correu bem quanto à aterragem e o avião está agora entregue aos serviços de manutenção da empresa aérea, após a devida inspeção pela comissão de inquérito.

A United Airlines distribuiu um comunicado em que confirmou o incidente com o motor nº2 do seu avião e destacou o trabalho da tripulação que seguiu todos os protocolos de segurança previstos para situações semelhantes.

O avião envolvido no incidente é um dos primeiros comprados pela United, tendo entrado ao serviço em 1994, com cerca de 24 anos de serviço.

 

  • Fotos e vídeo © Erik Hadda

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica