B777-200 da United regressa a Denver após falha incontrolada em motor – com vídeo

Um avião Boeing 777-200 da United Airlines voltou ao Aeroporto Internacional de Denver, capital do Estado de Denver, nos Estados Unidos da América, na tarde deste sábado, dia 20 de fevereiro, poucos minutos depois de descolar, devido a um problema grave no motor número dois (asa direita), que provocou a explosão da carenagem, que se fragmentou e caiu sobre uma área residencial da cidade, em Broomfield, a cerca de 25 quilómetros do aeroporto.

A aeronave, matrícula N772UA, com 26 anos de serviço exclusivo na companhia, fazia o voo UAL328, com destino a Honolulu, na ilha de Oahu, no Estado do Hawai, no Oceano Pacífico. A descolagem verificou-se pelas 13h04 locais (20h04 UTC) e o incidente terá ocorrido cerca de dois minutos após levantar voo. A bordo seguiam 231 passageiros e 10 tripulantes.

Segundo as primeiras informações há testemunhas que dizem ter ouvido uma explosão e seguido visualmente o avião com o motor incandescente, pois tinha perdido toda a proteção exterior. Um vídeo de um passageiro, já colocado em diversas contas da rede YouTube, mostra precisamente o motor incandescente sem a carenagem, mas desligado e isolado.

O comandante da aeronave regressou imediatamente ao aeroporto de onde tinha descolado, onde foi declarada situação de emergência. A aterragem decorreu sem incidentes, tendo a aeronave sido seguida pelos bombeiros que acompanharam o avião até à posição de estacionamento. Os passageiros saíram pelos seus próprios meios.

Em terra bocados metálicos do motor  foram fotografados por residentes na área de Broomfield. Para já não foram referenciadas vítimas pessoais, havendo diversos estragos, em casas e em carros que estavam estacionados.

A FAA (Federal Aviation Administration) distribuiu no sábado uma nota à imprensa em que confirmou o incidente e a abertura de um inquérito oficial.

 

Associação norte-americana dos Pilotos de Linha Aérea destaca trabalho da tripulação do avião da United

A célula da United Airlines na Associação Norte-americana de Pilotos de Linha Aérea (ALPA) distribuiu na madrugada deste domingo, dia 21 de fevereiro, um comunicado em que elogia a tripulação do voo UAL328 “por ter regressado a Denver em segurança após ter sofrido uma falha significativa e incontrolada do motor”. “Estamos gratos pelo grande trabalho de equipa demonstrado por toda a tripulação de voo e de cabina, e que não houve feridos em terra nem no ar”.

“Falhas de motor extremamente raras como esta provam que não há substituto para a experiência e que o mais importante sistema de segurança da aeronave são dois pilotos bem treinados, altamente qualificados e profissionais nos controlos na cabina de pilotagem.

“Ao longo desta pandemia, nunca reduzimos as margens de segurança. Na United, nenhum piloto foi dispensado e garantimos que mantiveram-se qualificados e proficientes nas cabinas de comando das aeronaves”, destaca a nota da ALPA, colocada nas redes sociais.

 

  • LINK para uma notícia que relata um incidente semelhante, igualmente com um Boeing 777-200 da United Airlines, em 13 de fevereiro de 2018, após a descolagem do Aeroporto de São Francisco, na costa oeste dos EUA, também com destino ao Aeroporto de Honolulu, nas ilhas do Hawai.
  • A conversa entre o piloto do Boeing 777-200 da United com o motor avariado e o controlador de tráfego aéreo em Denver foi gravada e revela detalhes da ocorrência. O vídeo com o aúdio estão inseridos numa notícia publicada pelo site brasileiro ‘Aeroin’ (LINK).
  • Notícia atualizada às 12h00 UTC de domingo, dia 21 de fevereiro de 2021

 

 

O aro do motor caiu em cima de um automóvel que estava estacionado junto de uma casa em Bloomfield.

 

Em seguida pode ser visto o vídeo que mostra o motor que perdeu a carenagem durante o percurso de retorno à pista do Aeroporto Internacional de Denver. (Conta YouTube FSXAviation)

1 Comments

  1. Avatar

    Denver, capital do Estado do Colorado

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica