Bem-vindo, !|Sair

Cabo Verde Handling já tem Conselho de Administração e prazo para estruturar-se

Maria Graciete Fontes Lopes, engenheira de formação e actual chefe do Gabinete de Qualidade para Operações de Terra da TACV – Transportes Aéreos de Cabo Verde, acaba de ser eleita presidente do Conselho de Administração da recém-criada ‘Cabo Verde Handling’ (CVH), anuncia hoje no seu portal ‘on line’ o semanário ‘A Semana’, que se publica em Cabo Verde.

A direcção da nova sociedade, que tem a transportadora aérea nacional como única accionista nesta fase de arranque, é composta por três administradores, que têm a missão de licenciar as actividades da empresa junto da Agência da Aviação Civil (AAC) e fazer a transição da CVH para a ASA – Aeroportos e Segurança Aérea. Um processo que, diz o presidente do Conselho de Administração da ASA, Mário Paixão, ficará concluído até final de Julho próximo, refere a mesma fonte.

A ‘Cabo Verde Handling’ prestará serviços de assistência ao transporte aéreo, em escala, nos diferentes aeroportos do arquipélago de Cabo Verde, através dos seus mais de 300 trabalhadores oriundos da TACV, companhia aérea de bandeira nacional, que no seu processo de reestruturação e privatização, foi obrigada a autonomizar e vender o sector de handling. Presentemente funciona com uma direcção provisória.

Os primeiros corpos gerentes dos órgãos sociais da nova empresa foram eleitos numa Assembleia-Geral Extraordinária que decorreu no passado dia 9 de Junho, convocada pelo único accionista, a TACV S. A. Segundo ‘A Semana’ éa seguinte a composição dos órgãos gerentes da ‘Cabo Verde Handling’:

 

Conselho de Administração

Presidente – Maria Graciete Fontes Lopes (TACV)

Administrador-executivo – Aquiles Rocha Silva Rodrigues (ASA)

Administradora não-executiva – Luz Aline Barreto (TACV)

 

Fiscal Único

Margarida Maria dos Reis Mota

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica