Bem-vindo, !|Sair

Companhia russa suspende voos devido às sanções da UE

A companhia de baixo custo russa Dobrolet anunciou a suspensão de todas as suas operações aéreas comerciais devido às sanções impostas pela União Europeia (EU) à Rússia.

Segundo o site da companhia, as empresas europeias que prestavam serviço à Dobrolet, como manutenção, seguros e arrendamento dos aviões (leasing) comunicaram que os contratos estão caducados a partir de hoje, segunda-feira, dia 4 de Agosto.

A Dobrolet começou a voar neste ano e estava a trabalhar com uma frota de aviões Boeing 737-800 de Nova Geração contratados directamente à construtora norte-americana.

Dobrolet B737-800_600

A EU decretou uma série de sanções económicas contra a Rússia como forma de pressão e de desagrado pelo apoio do governo de Moscovo às forças separatistas ucranianas, as quais são responsáveis pelo derrube de um avião da Malaysia Airlines, no passado dia 17 de Julho, sobre território da Ucrânia. No desastre morreram todos os 296 ocupantes do Boeing 777-200ER.

1 Comments

  1. Que isto sirva de lição à Rússia, que teve uma forte indústria aeronáutica, não dependendo do Ocidente até o fim da União Soviética, e praticamente a deixou morrer. Está na hora de o governo russo voltar a investir pesado nos escritórios de projetos, para que suas fábricas possam voltar a produzir grandes aviões capazes de concorrer em eficiência e conforto com os Airbus e Boeing. A Russian Helicopters é um exemplo a ser seguido: que seja criada uma holding para o projeto e construção de grandes aviões comerciais, somando as forças dos nomes Ilyushin, Tupolev e Sukhoi.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica