Bem-vindo, !|Sair

Concorrência chega do Reino do Sol Nascente…

Rolou hoje, sábado 18 de Outubro, pela primeira vez em 50 anos, um novo avião comercial japonês, para concorrer no segmento de jactos regionais para voos de curtas distâncias, mercado dominado mundialmente pela brasileira Embraer (líder) e pela canadiana Bombardier.

Com um investimento de 1,8 mil milhões de dólares, a Mitsubishi apresentou na sua fábrica de Komani South, em Toyoyama, no Japão, com pompa e circunstância, o primeiro MRJ a sair de produção, que será, também, o primeiro protótipo utilizado em testes.

O MRJ ( Mitsubishi Regional Jet) é um jacto regional, capaz de embarcar entre 70 a 90 passageiros em configuração 2+2. Fabricado pela Mitsubishi Aircraft Corporation resulta de uma joint venture entre três grandes empresas industriais: Mitsubishi Heavy Industries, Toyota Motor Corporation e Fuji Heavy Industries.

MRJ_cockpit

 

Foto do Cockpit divulgada pelo fabricante.

 

O projecto foi apresentado em 2007 na quadragésima sétima edição do Paris Air Show, tendo sido apontado o início de 2012 para início da produção. Como a maioria dos projectos desta escala e com esta ambição, a produção atrasou devido a modificações de desenho, optimização da operação e à escolha de motores de nova geração que pudessem corresponder ao que os projectistas previam no seu desenho.

O MRJ será impulsionado pelos motores de nova geração Pratt & Whitney’s PurePower® PW1200G, e de acordo com a brochura distribuída à imprensa apresenta 20% de optimização de custos de operação comparativamente aos actuais jatos regionais através da redução de consumo, ruído, emissões poluentes e de manutenção.

Desde Setembro de 2013 que pilotos e engenheiros estrangeiros e foram contratados para servir de consultores no programa, bem como os mais conceituados engenheiros japoneses especializados no ‘trem-bala’ ou comboio TGV de grande velocidade trabalham juntos. Uma equipa que, construtores e entidades nacionais japonesas, esperam que seja capaz de ultrapassar os desafios criados para esta fase de testes e de certificação técnica da nova aeronave.

O MRJ impressiona através do seu design com a frente a fazer lembrar o comboio mais rápido do Japão. Contudo, e de acordo com as especificações do projecto tem uma habitabilidade superior em altura e largura superior aos seus concorrentes.

 

AM-BF739_JAPANJ_H_20141015083706

Foto da cabina, modelo em tamanho real exposto no Farnborough Air Show 2014, onde podemos ver o chairman da Mitsubishi Aircraft Corporation, Hideaki Omiya

 

O primeiro voo do novo aparelho japonês deverá ocorrer no segundo semestre de 2015 e as primeiras entregas em 2017. Uma segunda aeronave está já em linha de produção, e uma terceira deverá chegar até ao final de 2015, para testes de certificação.

 

A Mitsubishi, conta já com 375 encomendas, a maior parte provenientes das companhias japonesas. A ambição é conquistar 50% do mercado de jactos regionais em todo o mundo, ou seja entregar 5.000 unidades nos próximos 20 anos.

A NewsAvia espera poder publicar em breve um exame detalhado, focando suas características técnicas e comportamento, o que ainda não é possível devido à pouca informação avançada pela Mitsubishi.

 

  • Fotos: Airliners.net – LAXintl

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica