Consórcio financeiro interessado em adquirir maioria do capital da SAA

Um consórcio de investidores, liderado pela ‘Fly Modern Ark’, da República da África do Sul, e pela ‘Cerberus Capital Management’, com sede nos Estados Unidos da América, pretende adquirir uma participação de 51% na South African Airways (SAA) em troca de um empréstimo de 1,43 mil milhões (bilhão no Brasil) de dólares norte-americanos para a companhia aérea.

As negociações estão em andamento entre as partes, mas o governo sul-africano nega que tais discussões estejam atualmente em andamento, já que a SAA deve primeiro estabilizar as suas operações.

Recentemente, a companhia aérea de bandeira da África do Sul, até há poucos anos a maior e mais moderna do continente africano, garantiu recursos financeiros para cobrir as suas operações até março de 2019. O governo tomou a liderança do processo, tendo garantido os recursos suficientes para atender às necessidades imediatas e de médio prazo de liquidez da empresa, até surgir um parceiro acionista capaz de garantir um futuro mais descansado à empresa aérea.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica