Despedimentos na TAP leva Sindicato dos Pilotos a interpor providência cautelar

O Sindicato dos Pilotos de Aviação Civil interpôs uma providência cautelar à companhia aérea portuguesa TAP a exigir informação prévia sobre o plano de despedimentos de 500 pilotos da empresa, noticiou nesta segunda-feira, dia 30 de novembro, a estação televisiva SIC.

Na providência cautelar a que a SIC teve acesso, o sindicato refere que os representantes dos trabalhadores devem ser “informados sobre a situação, estrutura e provável evolução do emprego na empresa”, acrescentando que o sindicato deve participar no processo de reestruturação da empresa “de forma ativa”.

No documento, o Sindicato dos Pilotos de Aviação Civil refere: “O que aconteceu até ao momento foi a prestação de informação incompleta, insuficiente e enganosa sobre os reais propósitos do empregador, ou seja, a informação não foi prestada em momento, de forma e com conteúdo suscetíveis de permitir, nomeadamente que os representantes dos trabalhadores procedam a um exame apropriado e preparem, se for o caso, as consultas”.

A mesma estrutura sindical afirma que o plano de reestruturação apresentado pela transportadora aérea não está assente em “pressupostos técnicos, económicos e financeiros”, o que representa uma “clamorosa violação do direito à informação e consulta dos representantes dos trabalhadores”.

 

  • LINK notícia relacionada

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica