Bem-vindo, !|Sair

Embraer triplicou lucros no primeiro trimestre deste ano

A Embraer continua a surpreender o mercado e os resultados apresentados esta semana em São Paulo, reafirmam a posição da construtora na terceira posição mundial do ‘ranking’ mundial logo depois da Airbus e da Boeing, que disputam entre si, desde há décadas, as duas posições dianteiras.

A construtora aeronáutica brasileira reportou um lucro líquido atribuído aos accionistas de 258,7 milhões de reais no primeiro trimestre de 2014, o que significa a uma alta de 319,3% face aos 61,7 milhões de reais de igual período do ano passado. O lucro líquido ajustado (excluído do imposto de renda e contribuição social diferidos) cresceu 11,6%, para 147,3 milhões de reais, face os 69,6 milhões de reais verificados no período de Janeiro a Março de 2013. Os resultados foram divulgados na quarta-feira, dia 30 de Abril.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da Embraer no primeiro trimestre de 2014 atingiu 354,7 milhões de reais. O resultado representa um aumento de 76,6% sobre os 200,8 milhões de reais reportados no mesmo período do exercício anterior. A margem Ebitda passou de 9,3% para 12,1% em igual intervalo.

A receita líquida da montadora de aeronaves foi de 2,93 mil milhões de reais no primeiro trimestre deste ano, alta de 35,8% ante os 2,15 mil milhões de reais anunciados um ano antes. A posição de caixa líquido (tesouraria) da Embraer caiu de 1,005 mil milhões de reais ao final de 2013 para 119,3 milhões de reais no primeiro trimestre de 2014. A empresa explica que a queda de 886,2 milhões de reais na posição de caixa é consequência de aumentos nos estoques e de contas a receber de clientes em 394,9 milhões de reais e 242,3 milhões de reais, respectivamente.

A empresa informou que esses números estão em linha com a sazonalidade das entregas nos trimestres. A Embraer anunciou, ainda, que a carteira de pedidos firmes (‘backlog’) do ano atingiu 19,2 mil milhões de dólares norte-americanos no primeiro trimestre do ano. É o melhor resultado do ‘backlog’ desde o segundo trimestre de 2009. No último trimestre de 2013 a carteira firme de pedidos da montadora de aeronaves havia chegado a 18,2 mil milhões de dólares, enquanto no período de Janeiro a Março do ano passado o ‘backlog’ estava em 13,3 mil milhões de dólares.

A Embraer entregou 14 aeronaves comerciais e 20 executivas no primeiro trimestre de 2014. Na aviação comercial foram oito aviões do modelo Embraer 175, quatro do modelo Embraer 190, um Embraer 195 e um Embraer 170. No segmento de aviação executiva foram entregues 17 jactos leves e 3 grandes. De acordo com a companhia, o resultado de entregas da aviação executiva cresceu 66% principalmente por causa dos jactos leves – foram 17 neste trimestre ante 8 em igual período de 2013.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica