Bem-vindo, !|Sair

Emirates reintegra voos na rota Dubai-Luanda – Frequências semanais sobem para cinco

Escola de Aeronáutica - ISEC Lisboa


 

A Emirates anunciou nesta segunda-feira, dia 11 de junho, que vai retomar dois voos semanais entre o Dubai e Angola, passando a garantir cinco ligações por semana entre os aeroportos do Dubai e de Luanda, já a partir do próximo dia 1 de julho deste ano.

De acordo com uma nota de imprensa da transportadora aérea do Dubai trata-se da reintegração de dois voos, passando das atuais três frequências, para cinco voos semanais.

O documento esclarece que, à semelhança do que acontece com os três voos atuais, as ligações reintegradas serão operadas, também, com equipamento Boeing 777-300ER com capacidade para oito lugares em Primeira Classe, 42 em Executiva e 310 em Classe Económica, totalizando 360 lugares.

A Emirates iniciou a ligação Dubai-Luanda em Outubro de 2009, com um Airbus A330-200. Em Dezembro de 2014 aumentou a frequência para sete voos semanais e em Julho de 2017, devido a necessidade de optimização de recursos e à situação económico-financeira que se verifica nesse tempo em Angola, reduziu para três os voos semanais.

“Como um país rico em recursos, Angola tem muito a oferecer ao comércio global e nós reconhecemos necessidade de permitir maior ligação entre Dubai e Luanda. Continuamos empenhados em servir os nossos passageiros em Angola, não apenas as mais recentes inovações nos aviões, mas também mais opções de produtos e serviços” considera Orhan Abbas, vice-presidente da Emirates para as Operações Comerciais para África.

“Esta reintegração dos nossos voos vai beneficiar o turismo, o comércio, potenciar o investimento e a agir como motor da economia, promovendo os negócios e o turismo”, acrescentou o vice-presidente da companhia árabe.

Ao operar com cinco voos semanais para Luanda, a Emirates oferece aos passageiros acesso a outros destinos da rede, que inclui 35 destinos no Médio e Extremo Oriente, 18 na Ásia e mais de 20 destinos nas Américas e na Austrália. Muito deles efectuados com o ícone da Emirates o A380. Além de um aumento na capacidade de transporte de passageiros, os novos voos vão oferecer até 23 toneladas de transporte de carga por voo, dando às empresas e aos comerciantes oportunidade para aumentar as importações de equipamentos electrónicos, de construção e de produtos farmacêuticos.

Considerada a maior companhia aérea internacional mundial, a Emirates voa para mais de 155 destinos de 85 países, com uma frota de 260 aviões do tipo Airbus A380 e Boeing 777.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica