Ethiopian será a primeira companhia africana a operar o Airbus A350-1000

A Ethiopian Airlines, transportadora aérea de bandeira da Etiópia, o maior grupo aéreo africano, optou por mudar quatro aviões da sua encomenda de aviões Airbus A350 para a versão 1000, tornando-se assim no primeiro cliente africano para este modelo de aeronave destinada a voos de longo curso.

A companhia etíope encomendou 22 A350-900, dos quais 16 aviões foram entregues. Ao optar pelo A350-1000, a Ethiopian Airlines receberá nos próximos meses dois aviões A350-900 e mais quatro A350-1000.

O presidente executivo do Grupo  Ethiopian Airlines, Mesfin Tasew, disse nesta quinta-feira, dia 28 de julho, em comunicado distribuído pela companhia e pela Airbus, na Europa, que a mudança para a versão maior deste tipo de aeronave da construtora europeia ajuda a companhia etíope a se manter à frente da curva na tecnologia. “Somos os líderes tecnológicos do continente, introduzimos e continuamos a introduzir na nossa frota a mais recente tecnologia que tornam os nossos aviões nos mais eficientes em termos de combustível em África”.

“O A350-1000 é o mais adequado para as nossas rotas densas, e acreditamos que o upsizing será fundamental para satisfazer a crescente procura dos clientes da nossa vasta rede global através dos cinco continentes. Continuaremos a manter-nos a par dos avanços da tecnologia da aviação para melhorar o nosso serviço e satisfazer a procura dos nossos clientes”.

“Estamos orgulhosos da nossa forte parceria com a Ethiopian Airlines, que foi a primeira companhia aérea em África a encomendar e operar o A350-900. A Ethiopian Airlines está novamente a liderar o caminho no sector da aviação em África ao introduzir o A350-1000, a maior versão das aeronaves de passageiros mais eficientes e tecnologicamente avançadas do mundo”, disse Mikail Houari, presidente da Airbus África e Médio Oriente. “O A350-900 proporcionou uma capacidade extraordinária, eficiência de combustível e fiabilidade operacional de 99,5%, juntamente com uma flexibilidade operacional e eficiência imbatíveis, desde operações de curto a ultra-longo alcance”.

O A350-1000 irá aumentar a capacidade da transportadora da África Oriental e será um acréscimo à sua moderna frota de veículos de fuselagem larga. A companhia aérea beneficiará de uma família flexível e de alto valor, alavancando o nível sem precedentes de uniformização da Airbus e o mesmo tipo de classificação.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica