EuroAtlantic aluga avião à Conviasa de Venezuela

Concurso Newsavia Voefloripa
A companhia venezuelana Conviasa contratou novamente um avião de bandeira portuguesa da EuroAtlantic Airways para a realização dos seus voos intercontinentais entre Caracas e Madrid e, também, para Buenos Aires, capital da Argentina, na América do Sul.

A Conviasa neste momento não tem avião disponível para voos de longo curso. No Aeroporto Internacional Simón Bolívar, em Maiquetia, continua parqueado o seu avião Airbus A340-200, que ali se encontra desde há alguns meses. A companhia não fornece informação sobre o que se passa com o avião, pelo que fontes aeroportuárias contactadas pelo Newsavia suspeitam que tenha alguma avaria grave.

Nos últimos meses a Conviasa alugou um avião Airbus A330-300 à companhia malaia Air Asia X (9M-XXJ) que regressou no final do mês de Julho a Kuala-Lumpur, depois de terminar o contrato de ACMI com a companhia aérea venezuelana.

Nos primeiros dias do corrente mês de Agosto, a Conviasa alugou um Airbus A340-300 à companhia espanhola Plus Ultra Lineas Aéreas (EC-MFA) que realizou alguns voos atè à chegada a Caracas do Boeing 777-200ER da EuroAtlantic Airways (CS-TFM) que até ao dia de hoje, terça-feira, dia 11 de Agosto, já realizou duas viagens entre Caracas-Madrid-Caracas. Segundo informações disponibilizadas pela imprensa venezuelana, o aluguer em regime de ACMI do avião português é pelo prazo de um mês renovável, sendo provável que fique durante o período de Verão, que é o de maior tráfego de passageiros entre a Venezuela e a Europa.

6 Comments

  1. Avatar

    Boa noite, só uma correcção, o CS-TFM é um Boeing 777-200ER (o único exemplar da companhia) e não um 767-300ER, do qual a companhia tem vários exemplares.

  2. Avatar

    “Nos últimos meses a Conviasa alugou um avião Airbus A330-200 à companhia malaia Air Asia X” Não é um A330-200, é um A330-300.

    ” atè à chegada a Caracas do Boeing 767-300ER da EuroAtlantic Airways ” Não é um B767-300ER, é um B777-200ER

    As vossas notícias apresentam sempre erros numa matéria relativamente à qual vocês deveriam ser experts. Incrível.

    • Avatar

      Pois, eu também já tinha alertado para isso, mas nem corrigiram a notícia nem me aceitaram o comentário…

      • Catanho Fernandes

        O comentário foi aceite, como normalmente o fazemos, com toda a humildade deste mundo, pois todos erramos e aceitamos sugestões e ajudas dos nossos estimados leitores e seguidores. A notícia está corrigida, desde o comentário do José Castro e de outro leitor que também nos tinha alertado para as inexactas designações dos modelos de aviões referidos na notícia.
        Agradecemos Vossa atenção, apreciamos que gostem (como nós) de ver as coisas certas e com os nomes certos. Esse o nosso trabalho e a nossa responsabilidade. Não há como fugir!…

  3. Avatar

    Bom dia,

    O artigo ainda menciona um Boeing 767 ao invés do 777 que é o modelo correcto. De resto, mais um excelente artigo como a maioria dos que vejo por aqui. Continuem o bom trabalho.

    • Catanho Fernandes

      Boa Tarde, Caro Ricardo,
      Há um provérbio português que diz “Quem torto nasce, tarde ou nunca se endireita”… Parece ser caso desta notícia, que já foi emendada pelo menos duas vezes… Pois, o Ricardo tem toda a razão, e vamos novamente fazer a emenda, esperando que desta vez fique mesmo tudo direitinho… e que o provérbio não tenha razão… Grato pela Vossa cooperação.

Responder a Duarte Gomes Cancelar resposta

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica