Bem-vindo, !|Sair

FAB confirma gravações com palavras anti-Lula, mas descarta intervenção

A Unicâmbio dá milhas 1€=1MilhaA Força Área Brasileira (FAB) confirmou a veracidade das gravações de som que circulam nas redes sociais registadas entre pessoas conversando com a tripulação da aeronave que transportou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de São Paulo à sede da Polícia Federal (PF) em Curitiba, na noite de sábado, dia 7 de abril.

Numa das gravações, é possível ouvir um homem não identificado dizendo “leva e não traz nunca mais”. Em outro trecho, outro homem que não se identifica diz “manda esse lixo janela abaixo aí”. Lula fez o trajeto até Curitiba em um monomotor Cessna Caravan, matrícula PR-AAC, da Polícia Federal. Depois seguiu de helicóptero até a sede da PF.

“Os dois áudios recentes envolvendo comunicações aeronáuticas e contendo comentários externos são verdadeiros e ocorreram nas frequências da Torre Congonhas, em São Paulo, e na da Torre Bacacheri, em Curitiba”, diz nota da FAB publicada no Twitter oficial da instituição.

A Força Área alega que é possível afirmar que as referências ao ex-presidente não foram emitidas por controladores de voo. “As frequências utilizadas para essas comunicações aeronáuticas são abertas. O objetivo é que todos na sua escuta tenham conhecimento do que está ocorrendo no tráfego aéreo, condição importante para manutenção da segurança operacional”, diz a nota.

A FAB afirmou ainda que “lamentavelmente” o serviço foi usado de forma inadequada porque as declarações emitidas fogem da “fraseologia padrão” da comunicação de tráfego aéreo e os usuários não se identificaram, o que é obrigatório.

As frases ouvidas de contestação ao ex-presidente Lula da Silva são de pessoas anónimas e as intervenções do piloto e dos controladores aéreos apontam no sentido de respeitar a fraseologia normal e aceitável nas comunicações entre as torres de controlo e aeronaves.

A divulgação destas gravações provocaram natural mal-estar entre a FAB e a Polícia Federal, que acabaram por ficar no centro deste temporal, num assunto tão sensível, e que move tanto ódio e amor entre os brasileiros. A imprensa argentina, por exemplo, criticou nesta segunda-feira a atitude de controladores aéreos e pilotos brasileiros, quando na verdade, segundo confirma a FAB, as intervenções foram feitas em banda aberta por pessoas que se esconderam no anonimato.

O avião em que Lula da Silva viajou é conhecido na Polícia Federal pelo ‘Aero Beira-Mar’, já que tem sido utilizado, por diversas vezes, para transportar Ferdinando Beira-Mar, líder da organização criminosa ‘Comando Vermelho’, que atua sobretudo no Rio de Janeiro. É considerado um dos maiores traficantes de armas e drogas da América Latina.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica