Bem-vindo, !|Sair

FBI junta-se à auditoria à Boeing e à FAA sobre certificação dos MAX

O FBI juntou-se à investigação criminal em curso nos Estados Unidos da América sobre a certificação do novos Boeing 737 MAX, que está a ser conduzida a par com uma auditoria liderada pelo Inspetor Geral do Departamento de Transportes dos Estados Unidos, que é supervisionada pelo Departamento de Justiça.

A delegação da conhecida polícia criminal norte-americana em Renton, na cidade de Seattle, no Estado de Washington (noroeste dos EUA), fica muito próximo das instalações fabris da Boeing onde estão as linhas de montagem e entrega dos aviões que estão agora a ser auditados.

O jornal ‘Seattle Times’ publicou nesta quarta-feira, dia 20 de março, um matéria sobre esta questão e disse que a investigação está em curso, com grande movimento e envolvimento de engenheiros da autoridade federal de aviação civil dos EUA (FAA – Federal Aviation Authority) e do FBI, que têm sido vistos a entrar e sair da Boeing.

A FBI, naturalmente, não confirmou o seu envolvimento nas investigações, que são conduzidas com a máxima confidencialidade.

Entretanto, foi anunciado pela Casa Branca, que o presidente Donald Trump indigitou Stephen Dickson, antigo executivo de uma companhia aérea para liderar a FAA, que se encontra sem liderança desde há mais de um ano.

 

  • LINK notícia relacionada

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica