Bem-vindo, !|Sair

Fokker da Avianca Brasil aterrou de barriga em Brasília

Um avião Fokker 100 da Avianca Brasil (matrícula PR-OAF) sofreu uma avaria no sistema hidráulico do trem dianteiro e foi obrigado a aterrar de barriga no Aeroporto Juscelino Kubitschek, nesta tarde de sexta-feira, depois de terem sido tomadas as devidas precauções e accionados os procedimentos em terra para este tipo de emergências. Além dos prejuízos materiais no aparelho, nada mais se passou, e os 44 passageiros e 5 tripulantes saíram todos ilesos, descendo nas mangas insufláveis de emergência, logo que o avião se imobilizou.

Segundo informações dos portais noticiosos ‘on line’ e de alguns sites que monitorizam este tipo de acontecimentos, a que se juntam as notícias divulgadas pela Força Aérea Brasileira (FAB), responsável pelo sistema nacional de controlo aéreo, o avião aterrou pelas 17h43 locais de Brasília (20 h43 GMT) com o trem dianteiro recolhido numa das duas pistas do aeroporto da capital federal brasileira. Os bombeiros tinham colocado espuma no solo para minimizar a possibilidade de ocorrer um incêndio devido ao atrito do metal da fuselagem e daí a libertação de faíscas que poderiam causar fogo na aeronave. Antes de aterrar e depois de ter borregado o avião esteve cerca de 25 minutos a queimar combustível para aterrar com menos risco.

Segundo a própria FAB tudo correu bem adentro dos condicionalismos impostos pela avaria e criados pela sempre desagradável situação de emergência.

O avião, que segundo o seu registo tem mais de 21 anos de actividade, primeiro na American Airlines, depois na Oceanair (2006) companhia que três anos mais tarde se fundiu com a Avianca (2010) , fazia o voo 06 6393 e procedia de Petrolina, no Estado de Pernambuco.

José Efromovich, presidente da Avianca  Brasil, afirmou esta noite que o avião acidentado tinha todas as certificações em dia, pelo que estranha o sucedido. O Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aéreos) deslocou para o local inspectores e peritos, com vista à recolha de elementos que possam constar no relatório e que possam contribuir para o esclarecimento da ocorrência.

 

  • Imagem publicada ontem, à  noite, no site da Folha Press, de São Paulo, e que mostra o local onde o Fokker 100 se imobilizou na pista de Brasília. Foto Folhapress/Grupo Folha de São Paulo.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica