França cria ‘ecotaxa’ para o transporte aéreo – Companhias protestam

O Governo francês vai aplicar, a partir do próximo ano, uma ‘ecotaxa’ de 1,5 a 18 euros em todos os bilhetes de avião para voos à partida de aeroportos franceses.

Estarão isentos da ‘ecotaxa’ os voos de ligação e os que tenham como destino a Córsega ou os territórios ultramarinos franceses a partir de aeroportos franceses.

A ‘ecotaxa’ deverá gerar receitas de 182 milhões de euros a partir do próximo ano, segundo a estimativa do Governo francês, cuja titular dos Transportes, Elisabeth Borne, indicou que serão investidos em infra-estruturas de transportes mais ecológicas, nomeadamente o ferroviário.

A ministra disse ainda que a ‘ecotaxa’ será aplicada a todas as companhias aéreas e informou que nos voos internos e dentro da União Europeia será de 1,5 euros em classe económica e de nove euros em classe executiva.

Para os voos para fora da União Europeia, a ‘ecotaxa’ a ser aplicada será de três euros em classe económica e de 18 euros em classe executiva.

A ‘ecotaxa’, que só será aplicada em voos à partida de aeroportos franceses, foi decidida nesta quarta-feira, dia 10 de julho, durante um segundo Conselho de Defesa Ecológica presidido pelo Chefe de Estado francês, Emmanuel Macron.

O Grupo Air France-KLM e outras companhias aéreas que trabalham em França, já se manifestaram contra a criação desta nova taxa, que classificam como um imposto encapotado.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica