Francesa XL Airways abre falência e deixa mais de 600 no desemprego

A companhia aérea francesa XL Airways anunciou ao fim da tarde desta quinta-feira, dia 19 de setembro, que suspendeu as vendas de bilhetes e vai apresentar um pedido de insolvência junto do Tribunal de Comércio de Bobigny, em Paris.

Um comunicado da empresa dá conta que a situação foi apressada pelas “grandes dificuldades financeiras” que deixam a empresa sem dinheiro para continuar a voar na próxima semana.

Os voos irão manter-se até ao domingo, dia 22 de setembro, com os quatro aviões Airbus A330-200 que estão ao serviço da empresa aérea. A partir de segunda-feira, dia 23, só serão feitos alguns voos, não havendo certeza sobre quais. Os passageiros devem seguir as informações da companhia nas redes sociais e no site da empresa. A companhia pertence ao grupo XL Leisure. Foi fundada em 1994 e é especializada em voos de longo curso para as ilhas das Caraíbss, Reunião (Oceano Índico), Estados Unidos da América e Bacia do Mediterrâneo. Desde há algum tempo que atravessa um período difícil, com falta de tesouraria. Em agosto passado a administração disse que está à procura d eum investidor que pudesse salvar a companhia, tendo os trabalhadores feito, nessa ocasião, um emotivo apelo através das redes sociais, com vista à salvação dos seus postos de trabalho.

Após a apresentação do pedido de insolvência, que contempla a proteção a credores, tendo em vista uma eventual recuperação da empresa, o Tribunal de Comércio de Bobigny realizará na segunda-feira, dia 23 de setembro, uma audiência com as partes, nomeadamente administração e representantes dos credores para análise da situação da empresa e debater as saídas que se apresentam como melhores para proteger os interesses das partes, nomeadamente dos mais de 600 empregados que a companhia tem ao seu serviço.

Eventuais interessados na recuperação da empresa poderão apresentar propostas ao administrador judicial que será, provavelmente nomeado pelo tribunal, até à sexta-feira, dia 27 de setembro.

A XL Airways é a segunda companhia francesa a ir para a bancarrota neste Verão, elevando para cerca de 1.800 o número de profissionais desempregados em França nas últimas semanas.

 

  • Notícia em desenvolvimento – 19h15 UTC

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica