Bem-vindo, !|Sair

Golpe de Estado na Turquia – População ‘invadiu’ Aeroporto de Istambul/Ataturk

  • LINK notícia atualizada

 

O movimento no Aeroporto Internacional de Ataturk, o principal da Turquia, situado na cidade de Istambul, está restrito apenas aos aviões turcos que chegam ao país, anunciaram fontes aeroportuárias na noite desta sexta-feira, dia 15 de julho. Os aviões das companhias estrangeiras que fazem viagens regulares para a Turquia estão ser encaminhados para aeroportos alternativos em países fronteiriços ou aconselhados a regressarem aos aeroportos de origem. O primeiro a recuar foi um voo da companhia alemã Lufthansa (Airbus A320, matrícula D-AIVI), cerca das 21h30 locais, que era originário de Frankfurt.

Está em curso um golpe de estado de iniciativa militar no país e foram os militares que tomaram o controlo da torre do Aeroporto de Istambul/Ataturk, desde o princípio da noite. A situação é de autêntica anarquia na estrutura aeroportuária, que é a terceira mais movimentada da Europa, depois de Londres/Heathrow e de Paris/Charles de Gaulle. A entrada de milhares de populares no aeroporto e nas plataformas de estacionamento, por enquanto, e nestas primeiras horas da noite, está a decorrer “de forma ordeira e civilizada”, segundo uma fonte aeroportuária, vendo-se diversos habitantes de Istambul a publicar ‘selfies’ nas redes sociais, junto dos aviões fechados.

A entrada dos populares ficou a dever-se ao desarmamento da polícia, por ordem dos líderes do golpe militar. Quando foram desarmados, supostamente por serem apoiantes do Presidente Erdogan, franquearam a entrada de quem quis ir ver os aviões mais de perto…

Nos céus de Ankara, capital política, foram vistos diversos aviões bombardeiros a voar baixo junto do Palácio Presidencial e da Assembleia da República, tendo sido ouvidas diversas explosões que se supõe serem de bombardeamentos. A Turquia é um país fortemente militarizado com uma das maiores Forças Aéreas da Europa  e está integrada na Aliança Atlântica (NATO).

As notícias são ainda pouco claras e o que se vai percebendo é que o golpe em curso é contra a actual governação do Presidente Recep Tayyip Erdogan, que estava de férias na cidade de Marmaris, no Mediterrâneo. Logo que teve conhecimento do golpe, dizem as agências internacionais, terá embarcado no jato privado presidencial e seguido com destino desconhecido.

As últimas informações (00h25 UTC de sábado – mais duas horas que em Lisboa) indicam que o avião presidencial aterrou no Aeroporto de Istambul/Ataturk, tendo transportado Erdogan, que foi aclamado por milhares de apoiantes, ainda junto do avião. Quem seguiu no site ‘FlightRadar’ a rota do jato Gulfstream Aerospace G5X (matrícula TC-ATA) que é operado pela Turkish Airlines, mas que está à disposição da Presidência da República, viu que o avião deu diversas voltas antes de prosseguir viagem, o que poderá significar que ele pretendia ir para Ankara, mas que, possivelmente,  face a uma situação militar adversa, foi aconselhado a pousar em Istambul, a maior cidade da Turquia e capital económico-financeira do país. Após o desembarque, Erdogan deu uma breve conferência de imprensa, na qual anunciou que o golpe tinha falhado e que os seus promotores irão ser acusados de traição à pátria.

 

  • Notícia atualizada às 03h00 UTC de sábado, dia 16 de julho.
  • LINK notícia atualizada

 

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica