Bem-vindo, !|Sair

Governo admite criação de escola de pilotos em Beja com consórcio de empresas

O Governo Português está a estudar a possibilidade de criar uma escola de formação de pilotos de aviões a jato na Base Aérea de Beja, anunciou nesta quarta-feira, dia 6 de março, o ministro da Defesa Nacional.

João Gomes Cravinho disse que a criação da escola surgirá através de um consórcio “com vários investidores” e empresas privadas, que visam a formação não só de pilotos portugueses, mas de “várias forças aéreas”.

O ministro da Defesa Nacional respondia ao deputado do Partido Comunista Português (PCP) António Filipe, numa audição na Comissão Parlamentar de Defesa Nacional, na Assembleia da República, em Lisboa.

A reunião entre o ministro e a comissão versava a Lei de Programação Militar, tendo João Gomes Cravinho explicado que a criação de uma escola de pilotos em Beja resolvia a questão da formação dos pilotos dos caça-bombardeiros F-16 da Força Aérea Portuguesa, que presentemente frequentam os cursos nos Estados Unidos da América. Uma questão que não é nova, em termos públicos, pois uma empresa do Grupo Mirpuri (dono da Hi Fly) já desenvolve desde há algum tempo trabalho com vista a integrar esse projeto (LINK notícia relacionada).

De acordo com fonte do Ministério da Defesa, não há ainda qualquer calendário para avançar com a criação da escola, estando ainda a ser avaliados vários aspetos do projeto.

Quanto à escolha da Base Aérea de Beja, deve-se às boas condições logísticas e de voo que apresenta e ao facto de ter menos tráfego aéreo, adiantou a mesma fonte, citada pela agência noticiosa portuguesa ‘Lusa’.

 

Centro Multinacional de Treino de Helicópteros poderá ser instalado em Sintra

O ministro referiu ainda que a Alemanha entrou na corrida para receber o Centro Multinacional de Treino de Helicópteros da União Europeia, atualmente localizado no Reino Unido.

Com a saída do Reino Unido da União Europeia, o centro poderá ser deslocado para Portugal, que foi o primeiro país a apresentar uma “proposta consolidada” à Agência Europeia de Defesa (EDA), segundo tinha anunciado em maio do ano passado o então titular da pasta da Defesa, Azeredo Lopes.

A proposta apresentada por Portugal prevê a instalação do Centro Multinacional na Base Aérea de Sintra.

Quanto à formação dos pilotos dos aviões de transporte tático KC-390, caso venha a concretizar-se a compra daquelas aeronaves à empresa brasileira Embraer, disse o ministro, “teria de ser no Brasil, a não ser [que Portugal] adquirisse o simulador, o que é extremamente caro”.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica