Governo austríaco fixa em 40 euros o preço mínimo de um bilhete de avião

O Governo austríaco anunciou nesta segunda-feira, dia 8 de junho, que vai impor um preço de venda mínimo para bilhetes de avião, fixado em 40 euros, para evitar “excessos” das companhias aéreas em detrimento do ambiente e dos trabalhadores.

“Deixará de ser possível propor bilhetes de avião a um preço inferior às tarifas e custos reais. Na Áustria, isso representa em média 40 euros”, afirmou a ministra do Ambiente, Leonore Gewessler (Verdes), numa conferência de imprensa em Viena, indicando que se pretende contribuir para “um transporte aéreo mais sustentável e socialmente equitativo”.

“Não haverá bilhetes de baixo custo à custa do meio ambiente e dos trabalhadores. Na União Europeia, somos pioneiros contra o dumping das low-cost”, adiantou a ministra.

Esta medida foi conhecida depois de o chanceler austríaco, Sebastian Kurz, que governa em coligação com os ecologistas, ter confirmado que a companhia aérea Austrian Airlines, que pertence ao Grupo Lufthansa, vai beneficiar de ajudas públicas no valor de 450 milhões de euros, 150 dos quais em ajudas diretas e 300 milhões em empréstimos garantidos pelo Estado, para recuperar da crise causada pela pandemia (LINK notícia relacionada).

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica