Bem-vindo, !|Sair

Governo do Estado de São Paulo autoriza construção de um segundo aeroporto privado dedicado à aviação executiva

O Estado de São Paulo (Brasil) vai ter um segundo aeroporto privado. Ficará situado em São Roque, a 62 quilómetros do centro da cidade de São Paulo, e é uma iniciativa da empresa de construção civil JHSF Participações, S. A. que recebeu na passada sexta-feira, dia 3 de Janeiro, a licença de instalação, uma espécie de licenciamento ambiental, que é passado pela Secretaria de Ambiente e que permite o arranque das obras.

O Aeroporto Executivo do Parque Catarina fica integrado num complexo que será construído de raiz na zona de São Roque, na região de Sorocaba, que inclui também o “Catarina Fashion Outlet” e o “Catarina Corporate Center”.

A empresa promotora anunciou na semana passada que a licença de instalação foi emitida pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), “possibilitando o início dos trabalhos de terraplenagem e construção da primeira fase do Aeroporto e permitindo a implementação da estratégia financeira para o desenvolvimento do projecto em conjunto com outros investidores”. Por resolver está ainda um impedimento judicial, resultante de duas providências cautelares apresentadas por organizações que alegam que a construção do complexo irá ter efeitos perniciosos no ambiente da região. Os estudos de impacte ambiental prosseguem pois a licença passada pelas autoridades estaduais não satisfaz plenamente os juízes que lidam com os processos. Contudo, e segundo a lei brasileira, a obra poderá iniciar-se, refere a imprensa brasileira. A empresa confirmou que as máquinas estarão no terreno no mês de Fevereiro.

A primeira fase da obra, avaliada em cerca de 500 milhões de reais (cerca de 153 milhões de euros) incluirá uma pista de aterragem com 1 940 metros de extensão, uma torre de controlo aeronáutico, e áreas com cerca de 50 mil metros quadrados para hangares e 50 mil metros quadrados para estacionamento de aeronaves. A segunda fase do projecto prevê a ampliação da pista para 2 470 metros. A inauguração poderá acontecer no segundo semestre de 2015.

O aeroporto do Parque Catarina será o segundo aeroporto privado dedicado a aviação executiva a ser inaugurado em São Paulo desde que o governo estadual autorizou este tipo de investimento no ano passado.

O Aerovale, na região de Caçapava, actualmente em fase de acabamentos, estará pronto em Maio próximo e custará metade do investimento do que agora será iniciado em São Roque. Está situado a 123 quilómetros da cidade de São Paulo, e será uma excelente ajuda para os dias da Copa do Mundo. A pista de aterragem terá 1 550 metros e o projecto integra um distrito industrial e comercial.

O Brasil possui a segunda maior frota de aeronaves executivas do mundo e tem uma grande falta de hangares e de espaços para estacionamento de aparelhos desse tipo em aeroportos bem equipados e perfeitamente integrados na rede nacional de aeroportos.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica