Bem-vindo, !|Sair

Grupo LATAM melhora margem operacional no 2º trimestre deste ano

O Grupo LATAM Airlines, grupo de companhias aéreas líder em transporte de passageiros e carga na América Latina, registou um lucro operacional de 15,4 milhões de dólares norte-americanos (R$ 34,3 milhões) no segundo trimestre de 2014. A margem operacional foi de 0,5%, reflectindo um crescimento de 0,8 ponto percentual em relação ao mesmo período do ano anterior.

“O resultado reforça a solidez da companhia, que alcançou resultados operacionais positivos apesar do difícil cenário macroeconómico na América Latina, do ambiente altamente competitivo e do mercado de cargas impactado pela fraca safra de grãos para exportação”, refere um comunicado de imprensa distribuído na manhã de hoje, dia 13 de Agosto, pelo grupo aéreo, e dirigido essencialmente aos seus acionistas e parceiros de negócios.

Num cenário considerado desafiador, o Grupo LATAM seguiu com sua estratégia de racionalização no trimestre, reduzindo em 1,5% a oferta na operação de passageiros, e em 7,5% a oferta para transporte de cargas. Assim, a taxa de ocupação avançou em todos os mercados, atingindo o nível recorde de 82,4%, aumento de 3,3 pontos percentuais sobre o segundo trimestre de 2013. O aumento da ocupação incrementou o RASK (receita por assento por quilómetro) em 1,8% quando comparado ao mesmo período do ano passado. (Vide notícia anterior)

“Num contexto em que o aumento da concorrência e o enfraquecimento do cenário macroeconómico na América do Sul colocam uma pressão significativa sobre a indústria, a LATAM é a empresa aérea mais bem posicionada para responder a essas condições”, disse Enrique Cueto, CEO do Grupo LATAM Airlines. “Nossa empresa tem mais flexibilidade e um histórico comprovado de agir rapidamente para se adaptar aos desafios económicos. Vamos continuar comprometidos com a rentabilidade sustentável do negócio, nos concentrando na disciplina de custos, enquanto ajustamos nossa frota e desenvolvemos nossa malha.”

Redução da dívida e resultado líquido afectado pela repatriação de valores da Venezuela

O Grupo LATAM Airlines tem obtido sucesso em seus esforços de reestruturação do balanço patrimonial. A companhia tem alcançado uma sólida condição financeira com a redução em 1,8 mil milhões de dólares da dívida bruta nos últimos 12 meses.

A LATAM também segue reduzindo a exposição do balanço patrimonial da TAM ao Real, cujo valor passou de 2 mil milhões de dólares (R$ 4,5 bilhões) em 31 de Dezembro de 2013 para mil milhões de dólares (R$ 2,2 bilhões) em 30 de Junho de 2014. A expectativa, agora, é de reduzir ainda mais essa exposição até Setembro de 2014, para aproximadamente 500 milhões de dólares (R$ 1,1 bilhão).

No segundo trimestre de 2014, a LATAM registou prejuízo líquido de 58,9 milhões de dólares (R$ 131,4 milhões), frente a um prejuízo líquido de 329,8 milhões de dólares (R$ 735,4 milhões) no mesmo período do ano anterior. Esse resultado inclui uma despesa pontual de 56,3 milhões de dólares (R$ 125,5 milhões), relativa à repatriação de valores da Venezuela.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica