Bem-vindo, !|Sair

Grupo português G Air adquiriu a escola espanhola ‘Gestair Flying Academy’

O grupo empresarial português do sector da aviação G Air, focado no ensino e treino de pilotos, manutenção técnica e aviação executiva, adquiriu a escola espanhola ‘Gestair Flying Academy’, que era propriedade do grupo Gestair.

A escola espanhola que tem instalações no Aeródromo de Quatro Ventos, nos arredores de Madrid, foi vendida pela sociedade gestora de capitais de risco Nazca, já que tinha ficado de fora do pacote de activos da Gestair que foram penhorados devido à falência do grupo.

GAIR-Training-Center

Com esta aquisição, o grupo português G Air ganha ainda mais projecção, não só em Portugal, mas também noutros países onde se faz sentir a sua presença, nomeadamente Angola, Dubai, Itália, Moçambique e Omã.

 

A G Air já tinha adquirido em Portugal, há dois anos, igual estrutura de ensino de pilotos, que mantinha a mesma designação de Espanha, situada nas antigas instalações de Tires, onde igualmente estava a empresa Aerocondor que também foi encerrada.

A rede de escolas agora liderada pelo grupo G Air tem uma experiência de mais de 35 anos no sector, no ensino e treino operacional de pilotos, quer helicópteros, quer de aviões. Actualmente o grupo tem em curso um grande investimento em Ponte de Sor, no Alto Alentejo, sul interior de Portugal, onde será construído um dos maiores centros de treino aeronáutico do mundo, para pilotos e técnicos de manutenção, apoiado por uma pista de 1.800 metros de extensão com ILS, um centro tecnológico com simuladores, Centro de Manutenção e um Campus universitário e Hotel. Tudo para entrar em funcionamento até final do corrente ano.

Para a escola que acaba de adquirir e que passa a denominar-se G Air Madrid o grupo espera duplicar a sua facturação no próximo ano, com a introdução de sistemas tecnológicos mais eficientes e processos de treino modernos, maximizando o conhecimento e prática dos seus alunos e orientando-os para as muitas oportunidades que hoje surgem nas carreiras profissionais aeronáuticas. A G Air está ciente da grande procura de pilotos que existirá nos próximos anos em todo o mundo. As previsões apontam para cerca de 400 mil novos postos de trabalho em 2020.

Com a aquisição da escola espanhola a G Air passa a ter um universo de 50 aviões e simuladores de voo para cerca de 425 alunos-pilotos, segundo fontes do grupo empresarial português contactadas pelo portal ‘NewsAvia’

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica