Bem-vindo, !|Sair

Guarda Civil deteve co-piloto mexicano com nível de álcool proibido

A companhia aérea mexicana Aeroméxico anunciou no fim-de-semana que um piloto da empresa que foi encontrado na quarta-feira passada com índice de alcoolemia de 0,52 no Aeroporto de Madrid foi dispensado de serviço.

O comunicado da Aeroméxico é a resposta a dois dias de especulações na imprensa espanhola e mexicana acerca de um co-piloto, de 58 anos de idade, que tinha embarcado na Cidade do México integrado na tripulação de um avião que fez o voo até à capital espanhola, sem quaisquer incidentes.

Segundo o comunicado o comandante do avião logo que se apercebeu da suspeita afastou o referido piloto de quaisquer contactos com os instrumentos de bordo e alertou as entidades aeronáuticas para inspeccionarem o co-piloto na chegada a Madrid. O voo tinha três tripulantes de ‘cockpit’.

A Polícia Civil espanhola deteve o tripulante suspeito e no teste de alcoolemia acusou 0,52 gramas/litro. Foi acusado de delito grave contra a segurança aérea, pelo que o processo decorre na justiça espanhola.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica