Bem-vindo, !|Sair

Hangar da empresa ‘Target Aviação’ derrubado pelo vento no Aeroporto de Congonhas

A chuva contínua e o vento intenso com rajadas fortes que atingiram os 85 quilómetros por hora, que se fizeram sentir na quinta-feira, dia 8 de Janeiro, em todo o Estado de São Paulo, no Brasil, derrubaram a cobertura de alumínio de um hangar no Aeroporto de Congonhas, na zona Sul da cidade de São Paulo.

Os bombeiros aeroportuários e a Infraero (Empresa Brasileira de Infraestruturas Aeroportuárias) já confirmaram que não se registaram acidentes pessoais. Além da queda da cobertura há que registar eventuais danos em aeronaves que se encontravam recolhidas no espaço.

Perspectiva frontal do hangar, numa imagem recolhida do lado da pista de aterragem

Perspectiva frontal do hangar cuja cobertura caiu em Congonhas, numa imagem recolhida do lado da pista de aterragem.

 

O hangar é da empresa de táxi aéreo e de transporte executivo ‘Target Aviação’. Como podemos ver nas imagens, a cobertura de alumínio caiu sobre os aparelhos, e pelo menos dois deverão ter sido atingidos na fuselagem. Contudo necessitam de ser sujeitos a uma peritagem técnica mais circunstanciada para aferir os reais estragos sofridos nas aeronaves.

Segundo os canais televisivos que têm estado a transmitir em directo do local, a queda da cobertura no hangar da Target verificou-se pelas 18h00 de São Paulo (20h00 horas UTC). Há notícias de que a cobertura do hangar vizinho, este utilizado pela TAM Aviação Executiva, também sofreu danos, sem contudo atingir as aeronaves que se encontravam no seu interior.

 

  • As fotos que publicamos foram reproduzidas do Jornal televisivo da Band News, e já estão a circular nas redes sociais desde a emissão das primeiras reportagens em direto do local do incidente.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica