Bem-vindo, !|Sair

Hi Fly já tem comandantes habilitados a voar os Airbus A380

Agarra a tua oportunidade - IFA Aviation Training Center


 

Os comandantes de linha aérea Carlos Mirpuri e Efthymiou, da companhia portuguesa Hi Fly, completaram o treinamento para comandantes de aviões Airbus A380 em Toulouse, na França.

Kátia Vidal, responsável pelo departamento de Apoio Técnico às Operações de Voo (Flight Operations Technical Support Manager) da Hi Fly, que se vê também na imagem, esteve também em Toulouse, onde participou em reuniões relacionadas com operações electrónicas, necessárias para agilizar o trabalho de coordenação das equipas que irão operar o maior avião comercial do mundo, com que a companhia de raiz portuguesa passará a operar ainda durante o corrente ano.

A Hi Fly está agora devidamente certificada para fazer uso pleno do EFB (Electronic Flight Bag) em toda a sua frota Airbus.

A companhia introduziu neste ano o novo sistema de EFB que ajuda os pilotos a executar as tarefas de forma mais fácil e eficaz diminuindo o uso de papel. Os volumosos manuais foram substituídos por aplicações que permitem aos pilotos ter acesso a informação atualizada e cartas de navegação interativas. O software permite efetuar de forma precisa cálculos que antes eram feitos manualmente reduzindo o volume de papel bem como a margem para o erro humano.

No mês passado Kátia Vidal anunciou que “esta é uma grande conquista para nós uma vez que somos pioneiros na introdução deste tipo de tecnologia em Portugal. Estamos a mover-nos no sentido do futuro da aviação com uma evolução do papel para a tecnologia.” Kátia Vidal ressaltou ainda que “acima de tudo, a introdução do Electronic Flight Bag tem um impacto primordial ao nível da segurança e da eficiência, mitigando o espaço para o erro humano e possibilitando cálculos mais exatos.”

Um período experimental iniciado em março de 2017 bem como o treino anual dos pilotos contribuíram para assegurar uma transição gradual e favorável nos procedimentos no cockpit.

 

Como tem sido noticiado a Hi Fly adquiriu, em leasing, dois aviões A380, que estiveram durante dez anos ao serviço da Singapore Airlines, e será a primeira empresa portuguesa e europeia dedicada a voos não-regulares a operar este tipo de aeronave. Terão capacidade para transportar 471 passageiros. No piso superior do aparelho ficarão instaladas a Primeira Classe e a Executiva com capacidade para 12 e 60 passageiros, respetivamente. A Classe Económica ocupará todo o primeiro piso da aeronave, com 399 assentos.

Os aviões deverão ficar registados na ilha de Malta, república europeia localizada no meio do mar Mediterrâneo, ao sul da Itália e ao norte da África, onde a Hi Fly tem uma sucursal.

 

A Hi Fly está certificada pela Autoridade Portuguesa da Aviação Civil, pela Direção da Aviação Civil dos Transportes Malta e tem asseguradas as autorizações necessárias para operar nos EUA (aprovação por parte do Departamento dos Transportes dos Estados Unidos, OPS Specs, FAR Part 129, aprovação por parte da Administração de Segurança no Transporte), assim como no México, Brasil, Austrália e Canadá, países que requerem autorizações especiais. A Hi Fly opera em conformidade com todas as normas europeias, EASA, EU-OPS e IOSA, as mais exigentes em todo mundo.

A companhia portuguesa opera uma frota de 15 aviões Airbus de grande porte, maioritariamente A330 e A340, em regime de wet lease (fornecimento de aviões com tripulação, manutenção e seguros). A companhia vai receber ainda neste ano dois aviões novosAirbus  A330-200 e fez uma encomenda de 10 aviões Airbus A330-900neo, que começarão a chegar no Verão de 2019.

 

  • Foto © Hi Fly

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica