Iberia pretende reduzir 90% dos trabalhadores durante três meses

A companhia aérea espanhola Iberia apresentou um plano de redução temporária de pessoal (ERTE em Espanha, de ‘Expediente de Regulação Temporária de Emprego’) que terá uma duração inicial de três meses e deverá afectar até 90% dos trabalhadores das áreas de operação de voos, handling, manutenção de linha e carga.

A maior empresa aérea de Espanha, que integra o Grupo IAG, juntamente com a British Airways, a Aer Lingus, a Iberia Express e a Vueling, garantiu que “vai acompanhar a evolução dos acontecimentos para decidir se será necessário uma expansão posterior ou uma recuperação antecipada da atividade”, segundo um comunicado distribuído em Madrid nesta sexta-feira, dia 20 de março.

“Devido à situação excepcional criada pelo novo coronavírus no mundo e pelas restrições ao tráfego de passageiros adoptadas por vários países”, a companhia de aviação espanhola “adoptou várias medidas para enfrentar a situação do ponto de vista laboral, operacional e financeiro, e de protecção da saúde e prevenção de riscos”, sublinha a mesma nota.

Todas as aéreas de negócio relacionadas diretamente com a operação serão afectadas na mesma proporção que a redução de capacidade, diz a companhia.

Mediante autorização pela autoridade do trabalho, “o pessoal das áreas operacionais de voo, handling, manutenção de linha e carga serão afectados pelo ERTE de força maior até um máximo de 90% durante os três meses”, indica a Iberia.

Nos serviços centrais e nos escritórios, tanto corporativos como de manutenção e handling, será afectado um máximo de 70%.

“Devido à relação comercial com clientes externos e esperando que esta se mantenha na situação atual”, em [manutenção de] motores o ERTE vai afectar até 60% dos trabalhadores, enquanto na grande manutenção a percentagem afectados será de um máximo de 80% nos primeiros dois meses e de 90% no terceiro. A área de componentes terá um ajuste de até 70%.

Sobre a programação de voos, a Iberia informa que vai operar ligações apenas para “garantir conectividade mínima a Espanha, no curto, médio e longo curso; permitir que os espanhóis que não estão em casa possam voltar para as suas famílias e mais chegados o mais rapidamente possível e da melhor maneira possível, além de facilitar o retorno dos cidadãos estrangeiros que estão em nosso país aos seus locais de origem”.

A companhia espanhola também está a possibilitar que qualquer cliente com um bilhete da Iberia para voar até 30 de Abril possa solicitar um voucher no valor do seu bilhete, para usar até 31 de Março de 2021, sem restrição de datas e destinos. Outra opção é alterar a reserva sem custos adicionais.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica