Bem-vindo, !|Sair

Ilyushin Il-76 de transporte militar cai na Argélia – Morreram 257 pessoas

A Unicâmbio dá milhas 1€=1MilhaUm avião de transporte Ilyushin Il-76TD da Força Aérea da Argélia despenhou-se na manhã desta quarta-feira, dia 11 de abril, próximo da Base Aérea de Boufarik, a cerca de 25 quilómetros de Argel, capital deste país da África do Norte.

Um comunicado do Ministério da Defesa afirma que morreram todas as 257 pessoas que seguiam a bordo, sendo 247 passageiros (militares e familiares) e os 10 tripulantes.

O avião, um quadrirreator de construção russa, desenhado ainda no tempo da União Soviética, tem um histórico de sinistralidade bastante baixo. Desconhecem-se para já o que terá motivado a queda do aparelho, que ocorreu poucos minutos após a descolagem num terreno agrícola, segundo a agência de notícias argelina.

O voo seguia para o Aeroporto de Tindouf, uma cidade na fronteira com Marrocos, e tinha prevista uma escala em Bechar. Transportava militares e familiares e uma comitiva de 36 membros da Frente Polisário, organização que desde há várias dezenas de anos luta pela independência do Saara Ocidental, atualmente território do Reino de Marrocos, e que é apoiada pela Argélia.

O comandante do avião sinistrado, que também faleceu no acidente, era o almirante Dusan Ismail, um conhecido piloto militar argelino, com mais de 30 anos de experiência em aviões de transporte militar.

O avião, matrícula 7T-WIP, caiu e incendiou-se imediatamente. Segundo alguns socorristas que se deslocaram para o local, foram vistos diversos ocupantes a saírem do aparelho a arder, com queimaduras muito graves mas, infelizmente, nenhum deles resistiu e acabaram por morrer no local da tragédia.

O maior acidente aéreo na história da aviação argelina

O acidente da manhã desta quarta-feira é o mais grave da história da aviação na Argélia e um dos mais graves a nível mundial, com aviões de transporte de pessoas (militares e civis).

Desde fevereiro de 2014 que não se registava um grande acidente aéreo com aviões militares na Argélia, quando caiu um avião de fabrico norte-americano C-130 Hercules da Força Aérea Argelina, em que morreram 76 dos 77 militares que seguiam a bordo.

Outro grande acidente registado na Argélia foi em 2003, com 102 mortos, e ocorreu com um avião comercial em Tamanrasset. Também se registou um único sobrevivente.

 

  • Foto de abertura © PressTV/Argel. Restantes estavam disponíveis em contas de Twitter sem indicação de autor.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica