Incêndio no Aeródromo da Graciosa – Não há vítimas

Ao fim da tarde deste domingo, dia 24 de maio, deflagrou um incêndio na Aerogare do Aeródromo da Graciosa, ilha situada no extremo noroeste do Grupo Central do arquipélago português dos Açores, no Atlântico Norte, que em situação normal é servida com voos diários da companhia regional SATA Air Açores. Neste momento, devido à pandemia de covid-19, as ligações estão suspensas, o que deverá acontecer até, pelo menos, ao dia 28 de maio. Realizam-se apenas voos de emergência ou de carácter humanitário e para transporte de carga.

As primeiras notícias indicam que o incêndio foi detectado pelas 20h30 locais (menos uma hora que em Lisboa e mesma hora UTC), no terminal de cargas e em outras dependências, onde estavam guardados equipamentos essenciais à operação aeroportuária. Não há quaisquer vítimas pessoais.

Ao local acorreram viaturas e operacionais do Bombeiros da Associação Humanitária da ilha Graciosa, que em cerca de uma hora extinguiram o fogo, estando a decorrer a operação de rescaldo.

O Aeródromo da Graciosa é propriedade da Região Autónoma dos Açores e é gerido pela empresa SATA Aeródromos, tal como acontece com outros três aeródromos do arquipélago: Corvo, Pico e São Jorge.

Por enquanto não há declarações oficiais conhecidas sobre o incidente.

 

  • Notícia atualizada às 22h30 UTC
  • A foto que publicamos na abertura é da autoria de João Pavão e foi divulgada na página de Facebook TCN News (Tiago Correia News)

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica