Bem-vindo, !|Sair

Jornal açoriano diz que a Jet Blue e a TAP estão interessadas na Azores Airlines

Evento Participativo LusoAvia - Aceda ao grupo de linkedin.As companhias Jet Blue Airways, dos Estados Unidos da América, e a TAP Air Portugal “estão a estudar toda a documentação relativa à venda dos 49% do capital social da Azores Airlines”, empresa do universo do Grupo SATA, anuncia nesta terça-feira, dia 6 de fevereiro, o jornal ‘Diário dos Açores’ na sua edição impressa.

A notícia surge na sequência do discurso do presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro, na segunda-feira, dia 5 de fevereiro, no qual revelou que o concurso público de alienação de 49% do capital da Azores Airlines (ex-SATA Internacional) arrancará este mês e procurará levar um “parceiro estratégico” que garanta “robustez” à transportadora aérea.

“O Governo Regional [dos Açores] desencadeou o processo de chamar um parceiro estratégico para a companhia, o qual, através de uma participação de 49% da Azores Airlines, possa constituir um fator de maior robustez, maior resiliência e maior competitividade na consolidação e desenvolvimento da operação da empresa. Assim, o processo público de alienação pela SATA Air Açores de 49% do capital social que a mesma detém na Azores Airlines está previsto ser lançado durante este mês de fevereiro”, anunciou Vasco Cordeiro.

O governante da Região Autónoma portuguesa falava na sessão de baptismo do Airbus 321neo (matrícula CS-TSF), novo avião da Azores Airlines, que teve lugar no hangar da companhia no aeroporto de Ponta Delgada, na ilha de São Miguel.

A Azores Airlines, que faz voos de e para fora do arquipélago açoriano, “opera, atualmente, numa realidade bastante diferente da do passado recente”, vincou Vasco Cordeiro, lembrando que “há pouco mais de três anos, operavam regularmente nos Açores duas companhias com gestão 100% pública”.

A notícia do ‘Diário dos Açores’ antecipa-se mesmo à decisão do Governo Regional, já que, pelas palavras de Vasco Cordeiro, o concurso será aberto durante o corrente mês, sem data anunciada.

O “Diário dos Açores” escreve que “ambas as companhias pediram toda a documentação relativa à empresa, mas não decidiram ainda se avançarão e em que moldes, sendo que as duas não deverão concorrer em conjunto”.

David Neeleman, o fundador da companhia norte-americana americana Jet Blue e accionista da TAP, terá dado a entender essa intenção ao presidente do Governo açoriano numa reunião que tiveram no Palácio de Santana, na ilha de São Miguel, fora da agenda pública de Vasco Cordeiro, adianta o jornal açoriano.

O presidente do executivo regional destacou que uma “nova realidade” do mercado do transporte aéreo obriga a uma “permanente” avaliação da SATA e, em concreto, da Azores Airlines.

“O grande desafio que a Azores Airlines enfrenta não se resume a uma questão de capital. O grande desafio tem a ver, sobretudo e numa primeira fase, com a aliança a um parceiro estratégico que possa trazer consigo, ou que possa congregar à sua volta, o reforço da capacidade operacional, da capacidade técnica, de frota e de recursos, entre outros, que alavanquem a atividade da empresa”, disse Vasco Cordeiro.

 

O primeiro Airbus A321neo da Azores Airlines, que teve como madrinha Marta Neto de Medeiros dos Santos e Sousa, a melhor aluna do 11.º ano da Escola Secundária Antero de Quental, na cidade de Ponta Delgada (ilha de São Miguel), foi baptizado com o nome de Marciano Veiga, comandante do primeiro voo comercial da SATA, realizado em 15 de junho de 1947, com um avião Beechcraft UC-34B Expeditor, entre as ilhas de São Miguel e Santa Maria.

 

O segundo Airbus A321neo da Azores Airlines já está em fase de acabamento em Toulouse (França) e deverá ser entregue à companhia portuguesa em Março próximo.

 

  • Fotos © Grupo SATA

 

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica