Bem-vindo, !|Sair

LEAP, motor da nova geração da CFM voou pela primeira vez

O LEAP novo motor da CFM, uma ‘joint venture’ entre a Secma e a GE ,  líder mundial mundial no fornecimento de motores para aviões comerciais, voou no passado dia 6 de Outubro pela primeira vez.

Montado no Boeing 747 modificado de testes da GE, o LEAP subiu aos céus  de Victorville, nos Estados Unidos da América,  para a sua estreia, marcando assim nova fase de testes do motor de nova geração.

De acordo com a CFM o primeiro voo do LEAP teve a duração de três horas. O motor  completou com distinção os diversos testes mecânicos em várias altitudes, sem problemas, e dentro dos parâmetros de design.  Durante esta semana, o LEAP passará por variadíssimos testes como operacionalidade, margem de stall e acústica.

“ O LEAP comportou-se como um verdadeiro veterano, assim que o pusemos à prova em variados pontos da aerodinâmica” adiantou Steven Crane, Chefe de Pilotos de Testes da GE. “ A durabilidade e a fiabilidade que todos esperam de um motor CFM já faz parte dos genes deste motor. A informação telemétrica que recolhemos mostrou que este motor beneficiou com a tecnologia GEnx (sistema  de última geração da GE de TurboFans, que equipam os 787 Dreamliner e 747-8). Penso que estes testes mostraram  que o LEAP trará  grandes feitos para a família de nova geração de motores  da CFM”, concluiu Steven Crane.

A CFM continua simultaneamente a colocar outros motores LEAP à prova em testes no chão, numa bateria de testes sem precedentes na indústria. O programa prevê testes em 28 motores diferentes no chão e 32 unidades em testes aéreos que servirão para experimentar e certificar todas as três variantes  da família LEAP que equiparão os Airbus, Boeing e COMAC.

A variante que está a ser agora testada é a LEAP-1C, com sistema de Propulsão Total Integrada (IPS). Este sistema é uma estreia absoluta na indústria. A CFM entrega aos construtores todas as componentes principais: O motor, a nacele, e inversão de impulso desenhados desenvolvidos pela Nexcelle. Estes elementos incluindo o pylon principal foram desenhados em conjunto, o que permite um resultado mais aerodinâmico, optimização de peso e uma manutenção mais fácil.

O conceito LEAP, esteve sempre associado com prestações ambientais e aerodinâmicas de excepção. De acordo com a CFM o LEAP entregará ganhos na ordem de dois dígitos, comparativamente com as versões actuais, sobretudo nos consumos e emissão de CO2, juntamente com reduções dramáticas no ruído e emissões de gases poluentes.

O LEAP foi responsável pela mais rápida e numerosa ordem de encomendas de motores da aviação comercial moderna com umas impressionantes 7.700 unidades em ordens firmes desde o dia 30 de Setembro de 2014. A CFM espera certificar o motor em 2015.

 

Foto : CFM

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica